POÉTICA – poema de manuel bandeira

Estou farto do lirismo comedido
Do lirismo bem comportado
Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente
protocolo e manifestações de apreço ao Sr. Diretor.
Estou farto do lirismo que pára e vai averiguar no dicionário o
cunho vernáculo de um vocábulo.
Abaixo os puristas

Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais
Todas as construções sobretudo as sintaxes de excepção
Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis

Estou farto do lirismo namorador
Político
Raquítico
Sifilítico
De todo lirismo que capitula ao que quer que seja fora
de si mesmo
De resto não é lirismo
Será contabilidade tabela de co-senos secretário
do amante exemplar com cem modelos de cartas
e as diferentes maneiras de agradar às mulheres, etc.

Quero antes o lirismo dos loucos
O lirismo dos bêbados
O lirismo difícil e pungente dos bêbedos
O lirismo dos clowns de Shakespeare

- Não quero mais saber do lirismo que não é libertação.

About these ads

27 Respostas

  1. Que nome e dado a esse tipo de poema?

  2. que pena que eu não pude conhecer você, um poeta tão romântico , obrigada por me
    inspirar com seus poemas , e todos meus poemas tem um pouco de você.

  3. segundo bandeira qual deve ser a palavra de ordem da arte moderna

  4. Reblogged this on ponto de luz and commented:
    qual trovoada?
    são anjos que celebram o teu despertar.
    qual chuva?
    são anjos que choram serem, só, anjos.

  5. muito obg, vcs mim ajudaram muito no meu seminário.

    1. Quero te conhecer Jéssica, add facebook CONSULTANGELO; André Ângelo

  6. na poetica de manuel bandeira predomina; oeu lirico aliado ao cotidiano sempre presente
    e isso,

  7. [...] será até mesmo incentivado. Outro fato é que tal título não faz referência necessária a nenhum poema do Manuel Bandeira, apesar de ser este amplamente admirado por [...]

  8. que escola literaria repudiada no poema ?

  9. O texto poética faz uma critica a linguagem rebuscada,não possui redondilhas,critica o PARNASIANISMO da época,surrealismo com o anti-lirismo “lirismo dos loucos”,uso indevido de palavras estrangeiras “barbarismos”, enfim é um texto modernista que critica o parnasianismo, é um texto METALINGUÍSTICO!

  10. estou estudando esse poema e acho ele meio complicado mas vcs m ajudaram muito cm suas opnioes.

  11. eu ainda to estudando esse poema e quase não tinha entendido nada mas com os comentarios de voces ja entendir um pouco.

  12. O poema acima manifesta tendências de um determinado movimento literário. Que movimento é esse, e que características são essas que podemos depreender da leitura desse poema?
    Se poderem me ajudar com isso !

  13. a estrofes1235 sa negação a as 7,8 sao de afirmação
    A q parte pertence a quarta estrofe? e porque?

  14. O poema critica a burguesia, as formas tradicionais das correntes literárias anteriores, tendo caracterísiticas do futurismo e do cubismo – vanguardas européias.

  15. estou estudando o poema, mais ate agora nao entendi nada me ajudem.

  16. Ainda que pese a verossimilhança, o texto em prosa, exposto em questão, não contém ritmo, melodia, figuras de linguagem, inversões, enjambements, apenas imagens paupérrimas, de quem acordou de mau humor, revoltado com a vida. Interessante é que tem gente que engole como poesia. NAO TEM NADA DE ARTE, nem de moderno, um protesto sem formas contra o lirismo, contra o amor. Vindo de Manuel Bandeira que escreveu em 1956, “A versificação em língua portuguesa”, reproduzido pela Delta-Larousse em 1964, época que o Modernismo já estava morto, portanto exumaram para estudo um cadáver errado!

    1. Opinião não se discute. Lamenta-se. Mas dizer que o poema não tem RITMO? Ele “reproduz” a fala meu amigo. E na fala existe uma coisa que se chama PROSÓDIA, sabia?

    2. E de “imagens paupérrimas”, eu não vi. Depois procure na internet, pq existe uma tese de doutorado que fala da Semiótica APENAS nesse poema!

    3. então um poema só é poético, só é lírico se embasado em regras de ritmo, regras de figuras de linguagem, formas prontas, basicamente? A poesia é, então, nada além do que um regramento com ritmo? Isso que é o lirismo?

      Pois bem.
      “Estou farto do lirismo comedido”!

      1. Bela resposta abraços!!!!

  17. Obrigada pelas respostas mim ajudaram a responder minhas questoes, continuem comentanto o entendimento dos poemas serei grata

  18. o que significa LIRISMO

  19. Estou fazendo uma análise desse poema e gostei muito das dicas nos comentários. Realmente esse poema é muito bom !

  20. realmente é um poema 10.0 adorei

  21. Em versos como “estou farto do lirismo comedido/do lirismo bem comportado”, o ‘eu lírico’ deixa claro seu descontentamento com o ‘normal’, ele quer mudança, liberdade.

    M.b é bem original.

  22. Neste poema Manuel Bandeira se vê preocupado em definir a poesia,explora os veios da fala cotidiana/coloquial/popular, uma prosaísmo poético.
    Em versos livres,abandonando-se as metrificações, propondo algo novo abandonando o tradicional.
    Escrito entre 1924/1930.
    Observe que neste poema há propostas novas para um lirismo.

    Realmente,você escolheu um grande poema de Libertinagem !
    Modernismo é O MODERNISMO.

    Amanda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 385 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: