ÁTTILA WENSERSKY

 O ARTISTA.

attila wenserski

———————————————————

Attila Wensersky nasceu em Curitiba em 1950.
Iniciou sua participação em mostras no ano de 1974 quando foi aceito no 20º Salão de Artes Plásticas para Novos conquistando o 1º Prêmio em pintura.  A partir daí esteve presente em inúmeras exposições coletivas e individuais.
 
PRINCIPAIS MOSTRAS

2007 – Embaixada do Brasil em Berlin
2007 – FIEP – Curitiba – PR
2006 – Galeria Nini Barontini – Curitiba- PR
2005 – Teatro Nacional Claudio Santoro – Brasília – DF
2002 – Galeria Renato Frota – Curitiba – PR
1997 – Espaço Cultural Telepar – curitiba – PR
1995 – Galeria Acaiaca – Curitiba – PR
1992 – Studio Krieger – Pintores Paranaenses – Curitiba – PR
1994 – Galeria Galeria Acaiaca – Curitiba – PR
1985 – Museu Guido Viaro – Pintores Curitibanos – Curitiba – PR
1980 – Galeria Cocaco – Curitiba – PR
1978 – Diretoria de Assuntos Culturais – Secretaria da Cultura – Curitiba – PR
1978 – Eucatexpo – Sinfonia de Cores – Curitiba – PR
 
SALÕES E PREMIAÇÕES

2002 – Salão de Artes Plásticas de Umuarama – Membro Comissão Julgadora
1995 – ART’95 International Art Competition – New York – USA
1984 – 4º Jovem Arte Sul América – Curitiba – PR
1984 – 1º Salão Paranaense da Paisagem (1º Prêmio em Pintura)- Maringá – PR
1982 – 39º Salão Paranaense – Curitiba – PR
1981 – 1º Jovem Arte Sul América/Brasil Sul – Curitiba – PR
1981 – 5º Salão de Artes do Iguaçu (Prêmio aquisição) – Foz do Iguaçu – PR
1979 – 36º Salão Paranaense – Curitiba – PR
1976 – 2º Salão de Artes do Iguaçu – Foz do Iguaçu – PR
1974 – 20º Salão de Artes Plásticas para Novos (1º Prêmio em Pintura) – Curitiba – PR
 
OBRAS EM ACERVOS

Museu de Arte Contemporânea do Paraná
Museu de Arte Moderna de Brasília
Secretaria da Cultura do Paraná
Coleções particulares no Brasil, Europa e Estados Unidos.

———————————————————-
 

 

—————————————————————-

—————————————————————-

——————————————————————-

—————————————————————

2

——————————————————————-

 ATTILA

—————————————

 

 

—————————————————————

 

 

————————————————————–

 

 

——————————————————-

 

o mural PARAÍSO ENCONTRADO em área externa.

 

—————————————————

 

 

—————————————————-

 

 

—————————————————

 

ÁTTILA WENSERSKI FAZ CURSO DE ESCULTURAS GIGANTES NO CANADÁ:

 

 

Universidade do Quebec em Rimouski                                        12 de junho de 2008

300,Allées dês Ursulines

Rimouski (Quebec) Canadá

Tel (4l8) 723-1986

 

 

ASSUNTO: confirmação de estudos especializados em escultura monumental

 

Senhor(Senhora)

 

 Pela presente certifico que o Sr. Attila Wensersky, sob minha direção, fez um curso intensivo para poder realizar no Brasil, uma escultura monumental chamada Trimural; Este tipo de escultura, de um gênero novo, necessita de empregar aparelhos inéditos, particularmente o” Modeloir” e o” Moullier”.

O Curso compreendia várias etapas: o conhecimento dos aparelhos propriamente ditos e seu funcionamento. Através de múltiplas fotos e croquis, o Sr. Wensersky colheu todos os dados úteis à construção de aparelhos semelhantes. Além disto, anotou a ordem de cada uma das sequências de trabalho, de maneira a assegurar-se de poder levar a bom termo a realização de seu Trimural sem esquecer um único detalhe.

Eu vi o artista trabalhando e ele realizou sob minhas vistas, em alguns dias, 6 módulos em argila. Em seguida, junto comigo ele vivenciou as outras etapas do trabalho (moldagem em gesso e concretagem). Esta experiência táctil lhe permitiu a compreensão em profundidade de toda a complexidade do processo.

A UQAR ainda não concede diploma oficial para o curso particular que eu tive a honra e a felicidade de dar ao Sr. Wensersky. Entretanto, posso afirmar sem qualquer restrição, que esse artista tem agora todo o conhecimento requerido para que possa construir um Trimural magnífico em Piraquara.

 –

A título de responsável do projeto RIM (Rede Internacional de Murais), me alegro que um artista brasileiro de grande valor, como Attila Wensersky, queira continuar a obra fraternal que empreendi no ano 2000 com a ajuda de vários de meus concidadãos. Vejo que meu colega do Brasil está em vias de receber, por sua vez, um suporte semelhante. Felicito e agradeço desde já, todas as pessoas que pavimentem sua via. Terei sem dúvida o prazer de encontrar algumas quando da inauguração do Trimural de Piraquara. No aguardo desse grande dia, peço-lhe Senhor (Senhora) que receba minhas distintas saudações.

 

Roger Langevin, DEA

(diploma de estudos aprofundados em letras e arte)

Professor de arte da UQAR

 

c.c: Sr. Jean Ferron, vice-reitor de formação e pesquisa da UQAR

——————————————

 

 

CONCEITO DO PROJETO TRIMURAL

 

Concebido e desenvolvido pelo escultor canadense ROGER LANGEVIN, professor de arte da Universidade do Québec em Rimouski, o TRIMURAL é uma obra escultórica com propriedades físicas e culturais formidáveis.

 

 Tendo como idéia força a participação coletiva de voluntários de diversas faixas etárias e condições sócio-econômicas, que contribuirão não somente na confecção formal da obra, mas também no resgate de aspectos históricos, turísticos, folclóricos e culturais da sua comunidade, a construção de um TRIMURAL é um poderoso fator de agregação comunitária e construção de cidadania.

 

A possibilidade do trabalho coletivo em todos os estágios da obra (criação, realização e instalação), graças ao desenvolvimento das novas técnicas e equipamentos desenvolvidos por ROGER LANGEVIN e sua equipe de voluntários, torna a arte da escultura mais democrática e participativa.  A comunidade resgata e contrói sua história.
Em seu aspecto formal, o TRIMURAL será composto por três muros adjacentes de 3,5 m de altura por 5,0 m de comprimento em ângulo de 120 graus formando um “Y” com três braços iguais no centro de uma circunferência formada por um espelho d’água. Cada uma de suas 6 faces será composta de 70 blocos de 50 x 50 x 20 cm em concreto com relevos de até 20 cm totalizando 420 blocos de concreto.

 

 Sua instalação será na Praça do Centro Cívico de Piraquara, no principal acesso ao centro e fará parte do roteiro turístico da cidade.

 

 Apesar do processo industrial requerer a repetição de certas ações em determinada sequencia, não requer diferentes especializações. Cada voluntário participa de todas as etapas de confecção da obra, aprende trabalhando em grupo, e aperfeiçoa suas habilidades em seu próprio ritmo. Este processo, em que cada etapa depende da conclusão da etapa anterior, assegura o ritmo dos trabalhos e a coesão do grupo.

 

AS 6 FACES DO TRIMURAL

 

FACE 1 – AS NASCENTES

As  nuvens coroando a Serra do Mar e se derramando sobre as montanhas, na chuvarada que alimenta as primeiras nascentes do maior rio paranaense, o Iguaçu. A mata Atlântica com sua exuberante flora, a floresta de araucárias, a fauna que povoava as margens do serpenteante rio, são as imagens que farão parte desta face.

 

FACE 2 – A FOZ MAGNÍFICA

 

O Iguaçu vai crescendo, semeando vida e colhendo as águas da bacia que formarão o maior conjunto de quedas d’água do mundo, as Cataratas do Iguaçu, já na tríplice fronteira Brasil/Argentina/Paraguai. A variada flora e fauna dão continuidade visual e temática ao mural encerrando os relevos das 2 faces que falam da natureza.

 

FACE 3 – A CONQUISTA DO PRIMEIRO PLANALTO

 

A origem do nome (pira=peixe + coara=toca) e referência ao povo Guarani que habitava nosso litoral e vencia as montanhas da Serra do Mar por caminhos que foram o primeiro acesso dos conquistadores portugueses ao planalto paranaense, vindos de Paranaguá. 
Era a trilha do Itupava que nascia, trazendo os primeiros garimpeiros que buscavam a riqueza do ouro nos riachos do pequeno arraial que se formava e levando a erva-mate, início do ciclo extrativista na região.

 

FACE 4 – A CHEGADA DOS IMIGRANTES

 

O arrail progredia com a exploração da erva-mate e da madeira dos pinheiros, já era uma vila que se formava com o trabalho do
primeiro núcleo importande dos imigrantes trentinos que erigiram a primeira igreja, implantaram a agricultura nos moldes europeus,  a criação de animais domésticos e gado, o uso da carroça com suas pequenas rodas dianteiras e a cantaria  explorando o granito da serra.

 

FACE 5 – A CHEGADA DA FERROVIA

 

A economia deu um salto com a grande novidade, o trem estava chegando! 
A construçao da ferrovia trouxe mais trabalhadores europeus, uma nova cidade crescia à volta da estação ferroviária que escoava a produção de madeira, erva-mate e outros produtos para o porto. A ferrovia vencia a Serra do Mar com suas pontes e túneis. Em seu leito também ocorreram tragédias. O kilômetro 85, no pequeno intervalo entre dois túneis, foi palco da execução do Barão do Serro Azul e mais 5 curitibanos pelas tropas federais, fato histórico perpetuado no mural.

 

FACE 6 – A ALMA DO POVO

Nesta face será perpetuada a alma do povo através das histórias da tradição oral e documentos dos seus habitantes relegados a antigos baús e sótãos. As lendas, festas e folclore, as brincadeiras infantis, “causos” e personagens típicos que o povo guarda em sua memória, será resgatada através do envolvimento dos alunos das escolas públicas que coletarão o material junto às suas famílias e vizinhos e posteriormente selecionados pela Secretaria da Cultura para comporem a face.

 

 

 

 

EMAIL: attila.w@pop.com.br

6 Respostas

  1. Esse trimural vai ficar tri lindo, Attila.
    Explica aí pros leitores do Palavras todas Palavras, comé que eles podem contruir com a construção e deduzir a doação do Imposto de Renda.
    Sucesso guri!

  2. Olá, Attila, parabéns pelo fôlego do trabalho atual. E muita força no futuro. Grande abraço do Beco

  3. Attila, ainda lembro daquele cenário feito com peças de xadrez e da rampa helicoidal que você criou para a peça Cidade Sem Portas. Há muito tempo não via o seu trabalho. É muito bom. Parabéns e um grande abraço.

    Paulo Vitola

  4. olha onde eu achei o cara!!!
    trabalhou direitinho heim?
    sua obra é incrivelmente linda!!!!!

  5. Attila, estou curioso para saber novidades do Canadá, de onde você acaba de voltar. Soube que sua experiência canadense vai resultar num novo caminho em sua arte. Curitiba aguarda com ansiedade essas novidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 395 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: