TU VOZ e POEMA – poemas de sara vanegas coveña/ Ecuador*

TU VOZ
tu voz ya es una con las roncas voces del océano
lejos muy lejos lo que fue tu agonía y tu placer
te vas. firme y voluptuosa y leve. ya otra
ya tú misma. ya solo deseo y agua
divina sombra:
ya olvido
Tua voz agora é una com as roucas vozes do oceano
distante…
tão distante do que foi tua angústia e o teu prazer.
Partes…indomável, deslumbrante e leve.
És outra agora… e és tu mesma
Agora, só desejo e água és tu
uma divina sombra:
agora, só esquecimento.
POEMAte hamacas a media tarde sobre me mirada amante
me sonríes
y hay un río de miel entre tus labios ávidos
convoco las campanas los tréboles los mares
y voy hacia ti cantando
pero la tarde hace un paréntesis maldito
y me lanza de bruces a la realidad:
este solo poema

descansas na tarde sobre meu olhar
amante
é meu o teu sorriso
e um rio de mel corre entre teus lábios ávidos
convoco os sinos, os trevos, os mares
e te busco cantando
porém a tarde faz uma pausa maldita
e me lança de bruços na realidade:
este único poema

*sara vanegas coveña é profa. universitária, embaixadora universal para a paz, membro da academia iberoamericana de poesia e da revista internacional “francachela” no Ecuador. tem diversos livros de poesia editados.
a tradução dos poemas, com aprovação da autora, foi feita pelo “palavreiro” poeta manoel de andrade autor de “Cantares.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: