ASAS CHAMANDO OS CACHORROS poema de darlan cunha


Um homem que voa é um antípoda (mais que um
mísero milagre, um pífio entender de medos)
da fé, ou seria mesmo natural em nós
a esquecida e real capacidade

de voar, de
nos transladarmos para além-lá do princípio
do prazer, além-lá do bem
e do mal, prontos a

azeitar montanhas com a nossa saliva
e a nossa urina, de lá de cima
dar bom-dia ao capinzal e às vacas doidas lá em baixo, no cio

ou não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: