DESPEDIDA de SOLTEIRO poema de paulo matos

  

Ontem solto.

Ora salto

Ao matrimonio. De assalto.

Ontem livre

Como um livro.

Teoria livre de lavra

Hoje volto

– E esse o voto –

ao seio da mulher    amada…

Uma resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: