IAHVEAH poema de sergio bitencourt

EU SOU,              

o protagonista do filme,             

o coadjuvante,             

o roteirista e o diretor,             

o contra-regra,              

a regra,             

o cenário e o expectador,             

a cadeira do cinema e a máquina do filme,             

a paisagem,             

a árvore,             

o átomo, o proton, o eletron, o anti-proton,              

o fumante e o não fumante,              

a sub-partícula e sua energia nuclear,             

a bomba e sua explosão.             

o sol,             

os planetas e suas gerações,              

as galáxias e suas constelações,             

o big e o bang e antes de qualquer big-bang,              

EU SOU A VIDA,                       

                                     “et nunc et semper“,                          EU SOU. 

Uma resposta

  1. Maravilhoso poema, Sergio. Que conteúdo! Iahveah, ou Jeohvah, o único que pode afirmar: EU SOU O QUE SOU. E tudo dito com a suavidade e arte de seu poema. Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: