EM NOME poema de jorge barbosa filho

do pai
do fumo                               da filha                             da grana
do álcool                 dos espíritos do mundo                 da fama
das drogas do mundo        o êxtase        das modas do mundo
a vagina                             da cama                                  o falo
do coma
dos sonhos do mundo
a foda
da trama
do palco
das máscaras do mundo
a merda
da forma
do fundo
das estruturas do mundo
a mola
da bala
da vala
dos mortos do mundo
o mudo
da muda
do mundo
das flores do imundo
amém…

Uma resposta

  1. Palavra de poeta: muito bom mesmo, eu não conhecia, só fui conhecer agora vi que a UFC tem uma cadeira em Letras de literatura africana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: