Arquivos Diários: 14 abril, 2008

A POETA MARILDA CONFORTIN TEM SUA POESIA PERENIZADA EM PARQUE DA CIDADE.

 

a poeta ao lado do seu poema no parque.

 

Ah! Esse meu pensamento… entra por caminhos que nem sei. Viaja sozinho, me abandona, deixando meus olhos vazios.
Quando volta, me traz pequenas lembranças:

– Estive na infância e lembrei-me de ti…

 

 

Pois é… eu e mais 12 escritores curitibanos, recebemos hoje esse belo presente. Trechos de nossas obras foram eternizadas em painéis espalhados ao longo da Trilha do Conhecimento, um caminho que adentra o Bosque Irmã Clementina, inaugurado hoje, dia 30 de março de 2008, em comemoração ao trecentésimo décimo quinto aniversário de Curitiba.

 

“ posso morrer em paz recebi uma homenagem em vida.

Minha poesia foi morar no meio de um bosque, em frente a um lago, num paraíso.”

O Bosque Irmã Clementina fica no Bairro Alto e área foi doada pelas freiras do Colégio Madalena Sofia. A infra-estrutura foi executada pela Prefeitura e contou com o apoio de instituições privadas.

Merecida homenagem Marilda, por tudo que você já fez pela poesia no Paraná, no Brasil e fora dele. Os PALAVREIROS DA HORA e o site PALAVRAS, TODAS PALAVRAS sentem-se orgulhosos de ter você como amiga e colaboradora. Não é todo dia que se prestigia e homenageia um poeta vivo.