TEATRO e SILÊNCIO – poemas de eliane accioly fonseca

 

 

 

teatro

os personagens

apresentam-se

na flor da carne

 

 

 

 

silêncio

as faces
côncavas
de seu olho,

espelhos
negros micro-
firmamentos

piscinas de estrelas
e peixes abissais:
cegos videntes

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: