DARLAN CUNHA é PALAVREIRO DA HORA e vem da bela MINAS GERAIS

Nasci em Medina, MG. Moro em Belo Horizonte. Apraz-me aprender algo com a Psicanálise / Psicologia; atenho-me em apreender o que posso das Ciências Sociais (Sociologia, Antropologia e Etnologia). Tenho com a Literatura um enleio antigo (severo nas escolhas).

Escrevi os primeiros textos aos 30 anos. Arranho um violão, componho. Dos lugares em que toquei, do que me lembro com mais simpatia é Ouro Preto, num show feito há muitos anos, numa segundona, no mais antigo teatro das Américas, onde, naturalmente, “não se deixa qualquer um tocar = palavras ouropretanas… hehe). Devo isto ao meu falecido amigo engenheiro André Roelens. Show informal, coisa de estudantada. Uma beleza. Gente pelo ladrão, papo com Inconfidentes ressucistados, e por aí vai… hehe.
Em vias de publicar primeiro livro.
 
 
 
 

 

 

 

COLOQUEI MEU COLCHÃO NO SOL   

Vivo quase sempre cantando, mas, contráriamente àquele popular ditado, não consigo espantar meus males – pelo menos não todos. Sou físsil, e sei disso; incréu, e sei disso; devagar, e sei disso, mas o acre meneio das curvas caras ao minuto somente ao minuto, e o falso-sólido conceito de reta não vigem de graça ou impunes aqui neste elo não vencido em seu tempo de encantamento. Vivo em estreito conluio com o que de mim se afasta, mesmo se não retorna.

 

 

 

 

TRIPÉ

Mera partilha de abusos e ranços,
o dia desencaminha ardores maiores
do que o salto da pulga
atrás da orelha, hoje
e a partir de hoje, só mesmo a cal
como pertinaz tempero, sim, de enterrar
amores, viver.

 

os PALAVREIROS da HORA dão as boas vindas ao companheiro de viagem e batalhador das letras DARLAN CUNHA, que compreendeu a finalidade pública e solidária do PALAVRAS, TODAS PALAVRAS, de divulgar os “deserdados” do famoso “mercado editorial.”  mais um âncora, agora, da bela Minas Gerais. sê bem vindo DARLAN.

 

 

3 Respostas

  1. Obrigado, VAVAU, pela visita. A Casa é sua… e envio-lhe também saudações medinenses, ainda que há muito tempo eu não vou até Medina. Desculpe-me a demora em perceber seu comentário, para poder respondê-lo.

    Darlan

  2. Olá,

    Saudações Medinenses !

    Vavau

  3. Agradeço ao PALAVREIROS esta oportunidade de estar com quem, ao ver cair uma folha, procura ver mais do que uma folha em queda – e compartilha.

    Ficarei muito bem aqui, estou certo disso.

    Novamente, grato.

    DARLAN M CUNHA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: