SÍNDROME POR UMA CAMA DECENTE por darlan cunha

Durmo num sofá, e isso requer paciência, porque é como vestir roupa que não seja nossa, e assim é que se está sempre sob desconforto de dores e insônia.

Com os pés e a cabeça mais elevados, a gente fica como um longo “U” a noite toda, madrugada inteira, e se levanta corcunda, cheio de tristeza, empapuçado o olhar, sensação de amor mal-feito e, de verdade, nem feito nem sonhado.

Durmo num sofá, só eu e minhas (in)consequências já muito duradouras, e sei que devo dar logo um jeito definitivo nisso de viver com dores no lombo quanto nos quadris e nos ombros, carregando uma placa na testa onde se lê “Insônia”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: