NÃO HÁ MAL QUE SEMPRE DURE… e ALI… mini contos de raimundo rolim

Não há mal que sempre dure…

 

A febre estava alta, muito alta. Fora-lhe por demais doloroso suportar a adversidade. Haviam-se esgotados todos os recursos. A benzedeira com galhinhos de arruda e ungüentos se esforçava. Dispunha-se com folhas de mato e palavras incognoscíveis. A vizinha acudiu com um remedinho caseiro e chá de Calêndula. Encomendaram-se novenas e pela internet chegavam e-mails desde os mais remotos rincões do planeta. A febre não cedia! Colocaram água de poço no pano ensopado e água das cabeceiras dos rios e das fontes das serras. A agonia durava mais de semana. Nem morria e nem vivia. Gemia a pobre coitada, pele em brasa, obrigando que trocassem o lençol a cada meia hora. Alimentava-se com sucos em mamadeira e com muita dificuldade engolia o líquido que tentavam entornar-lhe garganta abaixo. Febre escaldante! Não se achou causa alguma que justificasse aquele quadro mórbido. Oscilava a temperatura aos trinta e nove, quarenta, quarenta e três, quarenta e oito e meio. A mocinha padecia de mal de amor. De primeiro e último amor.

 

                  Ali…          

 

De duas uma: Ou os postulados estavam errados ou alguém de uma profunda má vontade tentava se aproveitar da situação que já era alarmante por si só, sem carecer de mais apoio! O cronômetro foi consultado. Faltavam dois minutos ainda. Era muito tempo, mais que o suficiente para quem viajava à velocidade da luz. Esqueceu-se o piloto do plano de vôo. A próxima galáxia ficava um pouco mais à frente; ali, virando à direita, ao lado da eternidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: