MARILDA CONFORTIN comenta em OFERTÓRIO/DOR poema de jb vidal

 

Comentário:marilda-confortin-0021

 

Nessas horas, entendo quando você diz que ainda não estamos escrevendo o que realmente sentimos… não podemos deixar passar…quando tudo morre e só a dor sobrevive é preciso escrever sobre essa dor por mais dolorido que seja. É preciso escrever sobre o amor enquanto se está amando por mais tolo que parece ser.  É Vidal, é preciso escrever como realmente sentimos… quando eu crescer, quero ser como você.
Beijo e boa semana

 

leia AQUI a matéria a que o comentário se refere.

 

 

Uma resposta

  1. Você já cresceu, Marilda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: