MEDIÇÃO FAMIGERADA poema de leonardo meimes

Cabe em cada limbo

Uma população inteira…

É isso que se espera

 

Cabe em cada estádio

Uma porção de hipócritas?

Não, não cabe.

Não cabe nem o ego

Do maior dos famosos

 

Encheria um copo

 A verdade no mundo?

Ela existe?

 

O mesmo copo

Encher-se-ia de amor?

Sem rancor, ciúmes, traição.

De amor puro e simples?

 

Se retirássemos o amor pelo material

Acabaríamos por esvaziar o copo?

 

Caberia em um punho

 Toda a coragem de um homem?

Talvez a de um suicida o preenchesse

Mas só a de se matar

A de viver seria insuficiente.

 

Cabe ao ser humano

Comandar este mundo?

 

Cabe a nós criar nossas leis?

Ou julgar nossas mazelas

De acordo com elas?

 

Cabe a Deus

Punir-nos em vida?

 

Fé! Quanto de Fé encheria

 Aquele mesmo copo de antes?

Quanto de Fé existe no ser humano

Quando não se trata de religião,

Mas do próprio ser humano?

 

Cabe na vida

Uma existência

Completa?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: