O Rei e “o Cara” por sérgio costa ramos

No começo, bem que Lúcifer tentou estragar os dois espetáculos que a Ilha providenciou para rivalizar com os seus poentes sanguíneos, emoldurados pela Serra do Mar.

O fim de semana – cujo palco assistiria o 9º Congresso do Conselho Mundial de Viagem e Turismo e o indizível show do Rei Roberto Carlos, comemorando os 30 anos do Grupo RBS em Santa Catarina – nasceu entre as nuvens carrancudas de uma tempestuosa quinta-feira: uma lestada se instalou sobre a Ilha – com o seu “carnegão” sombrio e a velha promessa:

– Tempo de lestada, mar de rebojo, três dias de luto e nojo…

Como anjo decaído e magnífico “espírito de porco”, Lúcifer começou a sua grande conspiração. Já imaginaram um congresso de turismo numa ilha paradisíaca, sem um único momento de sol? Pior: três dias de chuva incessante, “regador” que transformaria o WTTC numa sinistra reunião de sapos e pererecas?

Lúcifer não pensou só neste prejuízo: o Rei Roberto Carlos, ainda jovem aos 68 anos, poderia pegar uma erisipela ou um reumatismo se o vento sul soprasse ali nas esquinas da Via Expressa Sul, onde se instalara um palco “Hi-Tech” para 80 mil pessoas encantadas com aquele “momento lindo”.

Como o Senhor não se rende aos seus anjos demitidos, a justiça divina restabeleceu a ordem natural das coisas e da natureza: um sol das Ilhas Gregas se dependurou no firmamento e a alta pressão atmosférica “ariou” a panela da abóbada celestial, deixando-a limpinha e brilhante. O pessoal do WTTC pode, afinal, ser apresentado à verdadeira Ilha, aquela que foi modelada com extremo capricho no último dia da “Criação”, antes que o Todo-Poderoso descansasse.

O tocante Roberto Carlos in Concert – com dupla celebração, o meio século de sua carreira e os 30 

O REI na Ilha.

O REI na Ilha.

anos do Grupo RBS na terra de Anita Garibaldi – foi o maior sucesso de um show ao ar livre em Santa Catarina: intensas emoções, vividas em detalhes cintilantes.

Foi tamanho o calor humano, que o vento sul de Cruz e Sousa – “a gemente sentinela, que a tudo desgrenha e gela” – concedeu uma trégua providencial. Milagre. De repente, a noite estrelada do 16 de maio de 2009 se transformou num aquecido útero de mãe: o céu firme, a temperatura em torno dos 18ºC, sem vento. No entorno do palco, enquanto o Rei Roberto relembrava “As Jovens Tardes de Domingo”, instalou-se uma espécie de sauna emocional: a água que não caiu com a suspensa lestada, boiou nos olhos da plateia e de seu Rei.

O fim de semana, graças ao “Cara”, foi tão azul que o Avaí voltou invicto do Maracanã. E a retina de cada membro do WTTC recebeu o “download” de uma paisagem inesquecível.

O que nos autoriza dizer: se, com tanta beleza e tantas emoções para dar, a Ilha acabar excluída da Copa do Mundo de 2014, pior para a Copa…

 

DC. – ilustração do site.

Uma resposta

  1. Olha, muito legal o texto! Parabéns, você tem muito talento! E já que gosta de ler:
    O 4multiplayer está com uma nova promoção, desta vez é para concorrer ao livro A Voz do Fogo, de Alan Moore! Só entrar e comentar! http://4multiplayer.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: