SE me quiseres conhecer – poema de noémia de souza / Moçambique

Se me quiseres conhecer,
Estuda com olhos de bem ver
Esse pedaço de pau preto 
Que um desconhecido irmão maconde
De mãos inspiradas
Talhou e trabalhou em terras distantes lá do norte.

Ah! Essa sou eu:
órbitas vazias no desespero de possuir a vida
boca rasgada em ferida de angustia,
mãos enorme, espalmadas,
erguendo-se em jeito de quem implora e ameaça,
corpo tatuado feridas visíveis e invisíveis
pelos duros chicotes da escravatura…
torturada e magnífica
altiva e mística,
africa da cabeça aos pés,
– Ah, essa sou eu!

Se quiseres compreender-me
Vem debruçar-te sobre a minha alma de africa,
Nos gemidos dos negros no cais
Nos batuques frenéticos do muchopes
Na rebeldia dos machanganas
Na estranha melodia se evolando
Duma canção nativa noite dentro

E nada mais me perguntes,
Se é que me queres conhecer…
Que não sou mais que um búzio de carne
Onde a revolta de africa congelou
Seu grito inchado de esperança.

In notícias, 07.03.1958, página “Moçambique 58”

AMOR ANIMAL - GIRAFAS 54886

About these ads

8 respostas

  1. Se me quiseres conhecer ,
    Faça de nós humanos ,
    Esqueça que existem raças ,
    Pense que somos todos um só

    Se me quiseres conhecer,
    Esqueça que somos negros,
    Que és branco e dance ao ritmo desta terra
    Aprenda a tocar Timbila

    Noemia é mesmo a mãe dos poetas moçambicanos

  2. José Luís Francisco Figueiredo | Responder

    SE ME QUISERES CONHECER

    Não perguntes a origem da minha descendência,
    Sinta a voz da experiência
    Dea-me o lápis, píncel e a boracha.

    Se me quiseres conhecer…

    Leva ao alto a cultura da minha terra,
    Dança marabenta
    Não esqueça o som da timbila em guerra!
    Dança panza e zucuta
    Não esqueça do Bondoro,
    Pois eu adoro…

    Se me quiseres conhecer…

    Esqueça as divisões do mundo
    Põe branco no preto
    Vermelho em azul
    Claro em cinzento
    Faça obras de caridade
    Ignore toda a maldade

    Se me quiseres conhecer,

    Lapida o mundo em um
    Faça do seu suor o seu trabalho
    A sua rapidez o seu atalho
    Coloca o seu meríto em zoom…

    Mas se me quizeres conhecer…

    Não sintas receio,
    Não precisa ser demanhã, nem no recreio!
    Venha até perto de mim.

    José Figueiredo (Moçambique)

    Inspirado no titulo da Noémia de Sousa

  3. Sempre que a mente me proporciosa, a inspiração me alcansa em rever os poemas da grande poetiza que sempre está e instará viva em nossas mentes pelas marcas e cicatrizes ilustradas pelos seus poemas que ja mais inundaram…
    José Figueiredo

  4. Para NOÉMIA DE SOUZA, uma grande admiração. Seu poema é a beleza da alma humana, sem as agressões a que está exposta. É um grito no silêncio. É o som da vida na carcaça humana, que assusta os animais.

    Abraços

  5. Quem não se curvaria diante de um poema tão belo! Assim, como resposta de um poeta, segue os versos:

    NAVEGANTE EM MARES REVOLTOS

    Conheço um poeta taciturno,
    que vem banhado à ouro
    trazendo em sua bagagem
    poemas de grandes amores.

    De vez em quando aparece
    sorrateiro e silencioso.
    Observo o poeta misterioso,
    mas conheço os seus anseios.

    A vida para o poeta
    é um laço que enforca
    e entrelaça os seus sonhos…
    desvendá-los é mistério…

    Mas eu conheço um poeta
    escondido entre as rimas.
    Constrói momentos como a vida
    isolada dentro da própria vida.

    Laercio Zaramela – São Paulo -Brazil

  6. gostei tanto deste poema se me queserem conhecer digo isto porque declamo tão bem e as pessoas sempre gostam e por veses me perguntavam se e de quem eu não sabia responder de quem é e falava que é meu mais gracas a Deus conhece que este poema é duma Poetiza que ja pqrtiu dos mundo dos vivos.que deus o abencoa amem.

  7. Um dos mais belos poemas duma das maiores poetas africanas.
    Gostei muito de me terem dado oportunidade de o reler.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 345 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: