Seus Olhos Verdes – poema de tonicato miranda

TONICATO MIRANDA - Olhos Verdes - FOTO

 


 

para uma que sabe ser para ela

 

não sei de onde vem

este desejo de ser triste

qual um pobre passarinho

na busca de um só alpiste

 

não sei onde não lhe achei

em qual ponte de rio

em qual ponte do coração

habita-me este inverno frio

 

não sei onde não havia flores

nem águas, nem verdes

e mesmo assim era bom

bastavam-me seus olhos verdes

 

não sei onde capotei na estrada

onde descarrilei de mim

onde veio parar esta minha vida

cheia de saudades de você assim

 

não sei porque o triste é tão belo

não sei porque ele todo me dói

como picada de muitos mosquitos

dor gentil que consome e rói

 

não sei porque não parto agora

no rumo que o pé apontar

saindo de mim e da cidade

para o rumo onde a dor andar

Uma resposta

  1. Gostoso a leitura destes versos… Agradecido, José

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: