Corpus do Christi – de marilda confortin / curitiba

ATOR REPRES CRISTO

Teu corpo, não dispo: Visto.

Tua cruz, não ergo: Vergo.

Teus pecados, não absolvo: Absorvo.

Tuas chagas, não vi: Cri.

Teu cio, não sacio: Sedo-me.

E por te amar,

não te toco: Abstenho-me.

Não te traio: Abstraio-te.

Cubro teu falo

e me calo

omissa

e dominical.

Uma resposta

  1. Que lindo poema,Marilda

    Solivan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: