GENTE BRONZEADA por alceu sperança / cascavel.pr

Se males piores o capitalismo em sua etapa neoliberal não contivesse além da brutal contradição entre desenvolvimento e destruição ambiental e da liquidação geométrica dos postos de trabalho proporcional à evolução Alceu sperança  - AJC (1)aritmética do progresso científico e tecnológico, ele deveria ser condenado como desumano no mínimo por uma constatação inquestionável e da maior relevância: ele é cruel para com o futuro da nossa espécie.

Evidencia-se isso de várias formas, inclusive pela destruição ambiental e pelo desemprego gerado com a introdução de computadores e robôs nas empresas, mas a face mais ofensiva desse sistema injusto é o que está acontecendo com as crianças, agora mesmo.

Mais de 200 milhões de crianças menores de cinco anos nos países mais pobres não atingem seu potencial de desenvolvimento, apontou um estudo do University College de Londres, publicado na revista médica The Lancet. Os pesquisadores mostraram o óbvio: pobreza e desnutrição redundam num cérebro menos capaz de aprender.

Essas crianças podem até ter vagas na educação “universalizada”, mas entram em sala com desvantagem competitiva com aquelas cujas mães conseguiram cuidar bem desde a gestação.

No que isso dá

É claro que a maioria delas, com exceção de um André Rebouças aqui ou de um Milton Santos acolá, devido às condições excepcionais de sua criação, poderão erguer a cabeça além do nível da água, mas essas crianças em desvantagem tendem a ter mau desempenho na escola, reproduzindo a velha equação: baixa renda + alta fertilidade = mais gente com menos dinheiro. E sempre mais gente infeliz.

É assim que a pobreza vai atravessando as gerações e explode na forma de insegurança e violência nas nossas cidades sitiadas no medo e nas injustiças sociais, agravadas dia a dia pelo neoliberalismo e sua máquina ideológica de engabelar.

O estudo promovido pela instituição britânica desfila um rol de obviedades: as crianças dos países pobres sofrem com a pobreza renitente, a má nutrição continuada e a completa falta de estímulo da família para elas, e à família por parte da sociedade e dos governos eleitos pelo povo para a alegria dos banqueiros compradores de votos. O fruto óbvio dessa desgraceira toda é a criança afetada em seu desenvolvimento cognitivo, motor e socioemocional.

Hoje, vivem em países pobres mais de 600 milhões de crianças menores de cinco anos, das quais 160 milhões têm problemas de crescimento e 130 milhões penam na absoluta pobreza. Essas crianças estão condenadas a ter menos educação, um menor desenvolvimento cognitivo e a ser menos produtivas.

“Deveriam implementar”

Ingenuamente, os pesquisadores que elaboraram o estudo concluem que “para alcançar os Objetivos do Milênio para reduzir a pobreza – e assegurar que meninos e meninas completem a escola primária –, os governos e as sociedades civis deveriam implementar programas de desenvolvimento infantil de alta qualidade”.

Esses governos neoliberais do tipo PT/PSDB/PMDB/DEM e essa sociedade omissa e conivente que aí estão não vão fazer nada disso em homenagem à bela cor dos olhos pidões e sofridos dos miseráveis em geral. Vão enrolar a massa a bolsadas e enriquecer os barões assinalados que financiam as campanhas eleitorais.

Pois, já dizia Marx em Miséria da Filosofia, essa coisa hoje dominante só pensa no que lhe dá lucro:

“É o tempo da corrupção geral, da venalidade universal ou, para falar em termos de economia política, em que qualquer coisa, moral ou física, tendo-se tornado valor venal, é levada ao mercado para ser apreciada por seu valor adequado.”

Por aqui, temos que reviver a bela palavra-de-ordem do poeta Assis Valente:

“Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor” (Brasil Pandeiro, 1941).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: