MARGARIDA de joanna andrade / miami.usa

Bem-me-quer Mal-me-quer bem-me-quer Mal-me quer

OH, ele nao me ama, e agora?

Deixa eu despedaçar outra flor,

Bem-me-quer Mal-me-quer Bem-me-quer Mal-me quer Bem-me-quer

BEM –ME-QUER , que bom!

não é preciso mais nada,

um jardim repleto,

basta!

–  pétalas em pedaços em um tempo seja lá como for…….

Magnífico!

É no contar do mal-me-quer que o vento demora a passar.

-Uma gota sela a pétala ao chão……

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: