se eu morrer ontem… – de julio saraiva / são paulo


se eu morrer ontem

e você por acaso acordar

hoje cedo com vontade

de chorar

não chore não

esquece

não vou estar por perto

e nem ninguém vai

reparar

ponha um vestido

indiano

ouça um samba do adoniran

ou do paulo vanzolini

não passe de 2 dry martinis

pra coisa não desandar

pense que vivi o bastante

pra quem viveu por

engano

como um sincero

farsante

poeta

não fui dos piores

menos príncipe mais sapo

dei cores aos meus

horrores

se eu morrer ontem

diga

aos interessados

que os convites para o

enterro

estão todos

esgotados

2 Respostas

  1. salve, salve, joanna!
    obrigado pela leitura e comentário.
    afeto,

    júlio

  2. Gostei de sua astucia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: