FICA O DITO de otto nul / palma sola.sc

Fica o dito

Sem dizer nada

E o aflito

No conflito

Visceral

Na capital

Sob o estrépito

decrépito

À rua nua

E crua

Sob o avesso

Do direito

Ainda que travesso

Levado a peito

2 Respostas

  1. Zuleikinha,

    Você é um anjo. Otto

  2. Sempre ricas as assonâncias e dissonâncias, associações e dissociações que os sons criam no poema.
    Beijo, amigo Otto.
    Zuleiquinha. ( só para ti, que assim me “batizaste”).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: