RESPOSTAS e PERGUNTAS certas – de tonicato miranda / curitiba

para Malita (minha mãe)

Escutar “Moon River”

como não chorar?

Na mão uma foto sua

como não olhar?

Cuba Libre ou “Hi-Fi”

como não tomar?

A sandália num canto

como não caminhar?

Passarinho num galho

como não assobiar?

Lágrimas descem na face

como não me molhar?

O frio chega com vento

como não tiritar?

Bolo no forno, café no bule

como não? Vou degustar.

A piada da sua boca

como não gargalhar?

Um dia lindo, mas chove

como me acostumar?

Seu olhar sorrindo lindo

A ele serei bem vindo? Será?

Quando for ao campo canta

rega nossas presenças como a planta

Não será na casa, na janela ou no luar

será no jardim o lugar para lhe adorar

Uma resposta

  1. Um poema feito de perguntas tão simples mas com tanto significado…
    Este hino a sua mãe , transborda de amor. Evitando as palavras comuns nessas poesias dedicadas às mães, de amor eterno, de gratidão profunda e tantas outras que não passam dum lugar comum, o meu amigo exprimiu uma afeição tão grande que chega a ser comovente. Afinal, o amor está nas pequenas
    recordações do dia a dia, que só perduram naqueles que verdadeiramente sentem que é no simples que está o amor.
    Parabéns. Uma homenagem no seu estilo único.
    Um abraço.
    Vera Lucia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: