POEMA de luiz gustavo pires

a palavra
esta que lavra
o tempo

o pó do tempo
o tempo contém o pó
da alma

tem poema
na alma

Uma resposta

  1. Belo poema. Concreto. Há poesia na alma. No pó. No tempo. Parabéns ao poeta Luiz Gustavo pelo poema. Muito bom…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: