O BRUXO – de jairo pereira / quedas do iguaçu.pr

(extraído de um sonho)

o Douglas Diegues é um bruxo

:meço seu supertalento:

graphar poemas nas peles das rãs

num átimo a gente pensa:

ah é simples! isso também faço!

é só pegar as bichinhas pelas longas pernas

estendê-las em uma tábua

e pronto!

com um fino ponção pontear

a epiderme com versos rasteiros

pior q. não!

a coisa não é bem assim

o tranho escreve por dentro da pele das

ditas :::micro-poemas lúminos:::

pra se observar a noite

depois as solta sãs e belas (no charco)

na fronteira Brasil/Paraguay

entes sígnicos saltitantes

em portunhol salvaje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: