SILVIO TENDLER: “CARTA AO GOVERNO ISRAELENSE”

Recebo carta aberta, assinada pelo cineasta Silvio Tendler, e endereçada ao governo israelense.

O texto, certamente, expressa o sentimento de milhares de judeus humanistas, espalhados pelo mundo, e que não suportam mais ver o seu povo associado à política genocida adotada por Israel.

Uma cultura que gerou pensadores como Marx, Freud, Eistein, e centenas de autores e intelectuais como Stephen Zweig, Amos Oz e tantos outros, não pode ser jogada no lixo pela política fascista do Estado de Israel.

É importante não estigmatizar a cultura judaica, e não permitir que o anti-semitismo se propague, sob impacto desse ataque criminoso promovido pelo governo israelense. RODRIGO VIANNA.

===

CARTA AO GOVERNO ISRAELENSE – por Silvio Tendler

Senhores que me envergonham:

Judeu identificado com as melhores tradições humanistas de nossa cultura, sinto-me profundamente envergonhado com o que sucessivos governos israelenses vêm fazendo com a paz no Oriente.Médio.

As iniciativas contra a paz tomadas pelo governo de Israel vem tornando cotidianamente a sobrevivência em Israel e na Palestina cada vez mais insuportável.

Já faz tempo que sinto vergonha das ocupações indecentes praticadas por colonos judeus em território palestino. Que dizer agora do bombardeio do navio com bandeira Turca que leva alimentos para nossos irmãos palestinos? Vergonha, três vezes vergonha!

Proponho que Simon Peres devolva seu prêmio Nobel da Paz e peça desculpas por tê-lo aceito mesmo depois de ter armado a África do Sul do Apartheid.

Considero o atual governo, todos seus membros, sem exceção,  merecedores por consenso universal do Prêmio Jim Jones  por estarem conduzindo todo um pais para o suicídio coletivo.

A continuar com a política genocida do atual governo nem os bons  sobreviverão e Israel perecerá baixo o desprezo de todo o mundo..

O Sr., Lieberman, que  trouxe da sua Moldávia natal vasta experiência com pogroms, está firmemente empenhado em aplicá-la contra nossos irmãos palestinos. Este merece só para ele um tribunal de Nuremberg.

Digo tudo isso porque um judeu humanista não pode assistir calado e indiferente o que está acontecendo no Oriente Médio. Precisamos de força e coragem para, unidos aos bons, lutar pela convivência fraterna entre dois povos irmãos.

Abaixo o fascismo!

Paz Já!

Silvio Tendler

Uma resposta

  1. Caro Silvio,,
    A sua carta de protesto contra o governo israelita merece todos os meus aplausos.
    É tempo, sim, de haver uma mudança de mentalidades nos israelitas que não souberam evoluir no tempo e nos espaços, e que estão acabando por seguir as regras daquela mesma política hitlerariana que no passado os massacrou. Uma coisa é certa: Incompreensivelmente, todo o mundo, no fundo, os continua a apoiar e não há ninguém que os puna, não com palavras, mas com acções mais pesadas, pelos abusos que cometem constantemente, não só contra os palestinianos, mas contra todo o mundo árabe.
    Certa vez, um político iraquiano, dizia-me: ”Todo o ocidente, principalmente a Europa, está pelos israelitas. Mas o que é um facto, é que nenhum país os quis e por isso mesmo, empurraram-nos para a Palestina e fomos nós, os árabes, que fomos forçados a aceitá-los e a vivermos com eles.”
    É um facto histórico esta afirmação. Mas o que é um facto também é que bem cara está a ser a presença desse Governo racista e imperialista naquela zona, que mais não faz do que semear a
    discórdia e a violência, considerando-se acima de todo o resto do mundo, isto com o apoio não só dos EUA como da Comunidade Internacional, cuja cobardia não tem explicação. Estou em crer que, afinal, quem tem autorização mundial para estar armado até aos dentes e que constitui a grande ameaça para uma destruição global, são eles. Só isso justifica tanto medo… Para não falarmos que a economia mundial está também nas suas mãos. Afinal, a ilha de Manhattan, centro de todas as operações financeiras, foi comprada por judeus e dali partem todas as operações mundiais,ali se decidem as grandes crises, as quedas de governos e tudo o mais que de bom ou de mau possa acontecer no mundo. Como foi possível deixar-se que uma nação conseguisse tanto poder? Complexos de culpa?
    Constatação do poder do dinheiro e, consequentemente, militar?
    O futuro nos dirá. Mas, para já, considero-a ”a grande prostituta” de que nos fala a Bíblia e a iniciadora do Apocalipse. E não acredito, nem pouco mais ou menos, que seja ”O povo escolhido”…
    Só se Deus estivesse louco…
    Vera Lucia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: