DEMIAN de marilda confortin / curitiba

Se Demian chegasse
as 3 da manhã
mordesse a maçã do meu rosto
ou a barriga da perna
me levasse ao inferno
ou ao céu de sua boca
me chamasse de louca varrida
ou de vaca profana
me jogasse na cama
e me amasse macio
num cio de silêncio
como se fosse plantar
a semente de um Cristo
em meu ventre…

Se Demian chegasse
as 3 da manhã,
obsceno e mesquinho
invadisse meu sonho, meu ninho,
roubasse meu sono
e deixasse em meu corpo seu filho…

Se Demian entrasse,
me deixasse em transe
transasse comigo
mesmo que já não fosse
as 3 da manhã,
mesmo que já não fosse
de manhã,
mesmo que já não fosse
um Demian de Hesse.
Desde que chegasse e nunca mais se fosse
esse … esse desgraçado que nunca chega!

2 Respostas

  1. Você…se não fosse você quem seria?…só você mesmo, ocê… cê sempre impagável.
    Ah, minha amiga louquinha…você sempre inantingível, tanto aos escritores,
    aos deuses, aos demônios e até a nós, seus amigos. Você é poeta demais.

  2. Querida Marilda,

    Se quiseres, posso tentar encontrar esse Demian, tenho a certeza que vai ser fácil vê-lo por aí, e dar-lhe o teu recado…
    Como sempre, és desconcertante, e dás-me que pensar.
    Por mim, preferia o George Clooney… Os olhos também comem.
    Mil beijos, Marilda. Estou muitas vezes contigo em pensamento.
    Vera Lucia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: