Arquivos Diários: 3 dezembro, 2010

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA-Secretaria de Direitos Humanos e Maurice Politi, CONVIDAM:

 

 

“POEMINHA DO CONTRA” de mário quintana / porto alegre

O fato de não ter ocupado uma vaga na Academia Brasileira de Letras só fez o poeta Mário Quintana ( 1906-1994) aguçar seu conhecido humor e sarcasmo. Perdida a terceira indicação para aquele sodalício, compôs o conhecido “Poeminha do Contra”, onde mostra que acreditava que enquanto os imortais da Academia serão esquecidos, seus versos são simplesmente livres…

 

.

Todos esses que aí estão
Atravancando meu caminho,
Eles passarão…
Eu passarinho!

 

.