ORAÇÃO DOS QUE SOFREM DE MEDO – de liberato vieira da cunha / porto alegre



Da sombra incerta que nos ronda, livrai-nos, Senhor.
Do vulto que nos espreita, um brilho de aço na mão, livrai-nos, Senhor.
Do cano frio da arma, dos dedos trêmulos no gatilho, livrai-nos, Senhor.

Das trevas dessa antecipação do túmulo que é a cela acanhada e funda do seqüestro, livrai-nos, Senhor.
Do invasor que rompe as grades de nosso voluntário cárcere e nos arranca do sonho para arrojar-nos no pesadelo, livrai-nos, Senhor.

Do assaltante oculto que nos embarga o caminho de troncos e de pedras, livrai-nos, Senhor.
Do foragido errante, a quem não deram ofício nem emenda,
livrai-nos, Senhor.
Do salteador homicida, clandestino passageiro do ônibus, livrai-nos, Senhor.

Do que devia guardar-nos, mas não se guarda de si mesmo, livrai-nos, Senhor.
Do violador, escravo e cúmplice de sua torpeza, livrai-nos, Senhor.
Do transtornado pela droga, do refém de sua própria, alerta inconsciência, livrai-nos, Senhor.
Do que nos detém no semáforo, do que surge intruso no parque de estacionamento, do que emerge da escuridão da garagem, livrai-nos, Senhor.

Do que semeia ao acaso balas perdidas, livrai-nos, Senhor.
Dos celerados, dos assassinos, dos que cultuam a violência e a crueldade e o ódio, livrai-nos, Senhor.

E dai, Senhor, infância a quem a perdeu;
e pão a quem padece de fome;
e água aos sedentos;
e amor aos que jamais dele provaram;
e um lar aos enjeitados;
e esperança aos deserdados;
e fé aos que penam de dúvida;
e reparação aos injustiçados;
e um norte aos extraviados;
e alívio aos enfermos;
e consolação aos angustiados;
e lenimento aos feridos na carne;
e conforto aos atingidos na alma;

Para que o mundo seja não o Jardim do Éden que talvez não mereçamos; mas para que se converta, Senhor, no sereno abrigo de criaturas que se ousaram crer concebidas à Vossa imagem e semelhança.

Amém.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: