Arquivos Diários: 2 maio, 2011

LUCIANA CAÑETE e Editora Positivo convidam: curitiba

TORRE DE BABEL – de joão felinto neto / mossoró.rn

O juiz do supremo,

Jeová,

se irrita e sai do sério,

quando seu filho Jesus

vai à noite, ao cemitério.

No boteco do Davi,

onde quem manda

é o Golias,

não há funda,

quem afunda

na cachaça, é o Isaías.

No salão do senhor Sansão,

quem faz o cabelo

é sua mulher Dalila.

As mulheres de Salomão,

o cafetão lá da vila,

choram e sentem solidão

quando estão de barriga.

Lúcifer anda arrasado,

o seu mundo virou trevas,

por ter visto abraçados,

Adão e a senhora Eva.

Noé, o velho barqueiro,

não gosta de animais.

No entanto, adora um peixe-frito

no barzinho lá do cais.

Essa torre de Babel

é o mundo em que vivemos,

onde não há inocência.

Se algum nome ou fato ofender,

é mera coincidência.

OSAMA BIN LADEN ESTÁ MORTO!