Arquivos Diários: 30 setembro, 2011

Aprovação de Dilma sobe de 67% para 71%, aponta Ibope – do g1/ brasilia

30/09/2011 11h04 – Atualizado em 30/09/2011 13h00

Aprovação de Dilma sobe de 67% para 71%, aponta Ibope

Segundo a pesquisa, aprovação do governo aumentou de 48% para 51%.
Instituto ouviu 2.002 eleitores; margem de erro é de dois pontos percentuais.

Sandro LimaDo G1, em Brasília

A presidente Dilma Rousseff é aprovada por 71% dos eleitores, de acordo com pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta sexta-feira (30). A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, o que significa que a aprovação da presidente pode ser de 69% a 73%.

Na comparação com levantamento realizado em julho e divulgado em agosto, a aprovação da presidente subiu quatro pontos percentuais – o índice era 67%.

Dos entrevistados na pesquisa atual, 21% disseram desaprovar a presidente e 8% não souberam ou não responderam. O percentual de desaprovação em julho, que era de 25%, caiu quatro pontos percentuais conforme o Ibope.

Entre 16 e 20 de setembro, o Ibope ouviu 2.002 eleitores com 16 anos ou mais em 141 municípios de todas as regiões do país.

saiba mais

Governo
A aprovação do governo Dilma também subiu entre julho e setembro. O percentual de entrevistados que consideram o governo ótimo ou bom aumentou de 48% para 51%. Segundo o levantamento, 11% consideraram o governo Dilma ruim ou péssimo, contra 12% na pesquisa anterior.

As expectativas com relação ao restante do governo Dilma continuam positivas, segundo a pesquisa, e praticamente no mesmo nível da pesquisa anterior. O percentual de entrevistados que acreditam que o restante do governo será ótimo ou bom passou de 55% para 56%.

A região Sul passou a ter o mais alto percentual de ótimo ou bom: 57%, a maior entre os entrevistados. Também houve crescimento da avaliação positiva na região Sudeste. Nas regiões Norte/Centro-Oeste e Nordeste houve queda na avaliação positiva da presidente.

A pesquisa aponta que a avaliação do governo é melhor entre os mais velhos, com 50 anos ou mais. Dentre os entrevistados nesta faixa etária, 55% consideram o governo ótimo ou bom. A avaliação também é melhor nas pequenas cidades e nos interior dos estados. O levantamento mostra ainda que quanto menor o nível de renda familiar do entrevistado, melhor a avaliação do governo Dilma.

O tema corrupção foi o assunto mais citado, com 19%, enquanto 13% citaram a ‘faxina’ contra a corrupção promovida pela presidente

Corrupção
O tema corrupção foi o assunto mais lembrado pelos eleitores quando perguntados sobre as notícias do governo Dilma publicadas nas últimas semanas. Denúncias de corrupção foram citadas por 19% dos entrevistados e 13% citaram a “faxina” contra a corrupção promovida pela presidente.

Entre o fim de julho, quando a última pesquisa foi realizada, e o fim de setembro, data da pesquisa atual, dois ministros deixaram o governo por suspeitas de envolvimento em corrupção: Wagner Rossi, da Agricultura, e Pedro Novais, do Turismo.

Nelson Jobim saiu da Defesa após a crise política motivada por declarações – que ele nega ter dado – de que as colegas de ministério Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) eram “fraquinhas”.

A terceira notícia mais citada, com 10%, foi sobre os investimentos para obras da Copa do Mundo, tais como reforma e construção de estádios e privatização de aeroportos. Os atrasos no cronograma das obras foram citados por 6% dos eleitores.

Governos anteriores
A avaliação do governo Dilma no primeiro mês de setembro do mandato é superior a de seus antecessores – Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso – em igual período do mandato. O percentual de entrevistados que considera o governo Dilma ótimo ou bom é de 51%. Lula teve 43% no primeiro mandato e 48% no segundo mandato. FHC registrou 40% no primeiro mandato e 16% no segundo mandato.

A aprovação da presidente Dilma também é maior que a de Lula e FHC no mesmo período. Lula teve aprovação de 69% no primeiro mandato e de 63% no segundo. FHC foi aprovado por 57% dos eleitores no primeiro mandato e 26% no segundo. Dilma tem 71% de aprovação.

BRINQUEDOS FURIOSOS – por jorge lescano /são paulo

BRINQUEDOS FURIOSOS

 

Juanito foi assassinado aos onze anos por policiais, este crime pretendia esconder outros crimes. Davi provavelmente ficou apavorado ante o tamanho de sua agressão e para fugir dá um tiro na cabeça. Alguns depoimentos sugerem que ele havia premeditado o suicídio, aos dez anos de idade!

Não tenho provas além daquelas fornecidas pelos noticiários, especialmente os sensacionalistas, que se alimentam da truculência de nosso cotidiano.

Os dois fatos parecem surgidos de um roteiro de vídeo game ou de seriado de televisão. Lamentavelmente, para fugir da violência das ruas, muitas crianças devem ficar trancadas dentro de casa a mercê da “estética” da porrada, da lei do inescrupuloso, da pena de morte aplicada por aquele que tem a arma.

Dois casos extremos da violência diária que se pratica a revelia da lógica e do simples bom senso, às vezes pelas mãos dos pais contra filhos pequenos e que vão do castigo corporal ao estupro e o esquartejamento.

Sem nenhuma pose de moralismo, registro estes fatos na esperança de encontrar alguém que me ajude a compreendê-los. Isto é possível? São conseqüências do estágio de desenvolvimento das sociedades ou uma prova de que a nossa espécie tem origem no assassinato? Talvez seja o começo do fim da espécie. Se assim for, é melhor fornecer logo a toda população um destes brinquedos para que cada um tome seu destino nas mãos e decida a hora e local do suplício.

Até quando vai vigorar a hipocrisia do terrorismo de estado para combater o terrorismo e as “políticas” de desarmamento, do individual ao nuclear?

Somos reféns do “poder público”, cada vez mais poderoso e menos público graças à falácia da Democracia Compulsória (sic).

Quantas crianças deverão ser imoladas para despertar as consciências adormecidas?


LANÇAMENTO DA FRENTE CONTRA A USINA SUJA EM PERNAMBUCO – CONVITE feito por HEITOR SCALAMBRINI COSTA / recife

CONVITE

LANÇAMENTO DA FRENTE CONTRA A USINA SUJA EM PERNAMBUCO


Dia: 3 de outubro (segunda-feira)
Hora: 19: 30 hs

Local: Auditorio do Sindicato dos Médicos (SIMEPE)
Av. João de Barros, 587 – Boa Vista

VENHA DIZER NÃO  AS FONTES ENERGETICAS SUJAS

VENHA DIZER SIM AS FONTES ENERGETICAS LIMPAS