QUASE COMPLÔ! – por olsen jr / ilha de santa catarina



   Na minha infância quando as “coisas” não iam bem era comum se ouvir a expressão “Quando o circo vai mal até o anão cresce”.  Em outras palavras, quando você imagina que nada mais pode acontecer, ainda assim, alguma coisa acontece… Ah! Quase esqueço e acrescento, para pior!

Parece mentira ou algo de quem possui imaginação, mas a realidade está constantemente competindo com a nossa capacidade criativa. Vejamos, esperei a minha vida toda para encontrar uma “agente literária” (por que somente mulheres se dão bem nesta área é algo para ser discutido outro dia) e, finalmente, quando menos esperava, embora estivesse atento sempre, eis que “ela” se apresenta.

Por e-mail digo da minha satisfação por estar em contato diretamente com ela e gostaria de conversar… Ela me responde afirmando que para não “ficar só na conversa” eu poderia enviar uma coleção dos meus livros para serem avaliados e uma síntese de cada um, assim já ganharíamos tempo…

Apreciei aquela desenvoltura e vou atrás das obras. Algumas (pelo menos três) estão esgotadas e aí me ocorreu procurá-las nos sebos aqui da Capital. Depois de alguns dias, consigo recuperar duas delas e a terceira, pego da minha coleção particular para não atrasar o processo. Junto com as outras quatro, num total de sete, tudo arrumado numa caixa de sedex, anexo uma carta com uma pequena sinopse de cada livro e no dia 09 de outubro de 2011 despacho na agência da Lagoa da Conceição.

No final daquela tarde, celebrando o fato de que só na metade da minha existência (sou um otimista) estava dando, finalmente, um encaminhamento científico para a minha carreira literária, fui celebrar sozinho bebendo um espumante (ver Blog Enoteca Le Pic) e saborear aquele acontecimento.

Não comentei com ninguém porque era apenas o início do que se poderá constituir uma grande parceria.

Na manhã seguinte abro os jornais e me deparo com a Greve dos Correios…   Quase 30 dias depois e a paralisação perdura.

O pessoal do Correio me pergunta (via e-mail) o que penso da greve, respondo:

A “greve” é um direito democrático e estou solidário, espero que desta vez o pleito seja atendido e tudo volte à normalidade… Enviei um sedex (protocolo SZ904391519BR) era algo importante e urgente… Bem a encomenda ainda não foi entregue embora já esteja na cidade do destinatário… Como disse, estou solidário com a Greve, talvez o coletivo deva prevalecer sobre o individual, neste caso, o meu problema é o menor… Sorte para vocês…

Parece um complô… Aconteceu o mesmo com os bancos… Com o Detran, com a saúde, com os professores… Todo mundo fazendo greve simultaneamente… Alguém me alertou, mas tem um lado positivo, ainda bem que a AMBEV é uma empresa privada… Está bem, a boemia está salva, menos mal!

OLSEN JR é membro da ACADEMIA CATARINENSE DE LETRAS

Uma resposta

  1. Caro Olsen, veja a data de postagem de sua encomenda. Acho que a greve virou a sua cabeça. Grande abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: