COMENTÁRIO…?;/}~=!!#$%&*?

Novo comentário sobre seu post “CIDINHA CAMPOS, deputada estadual no RIO DE JANEIRO, faz depoimento GRAVÍSSIMO e seus pares seguem rindo. é o regime da CANALHOCRACIA. / rio de janeiro”
Autor: Ana Araújo (IP: 201.17.99.28 , c911631c.virtua.com.br)
Email: teles.araujo50@uol.com.br
URL    :
Whois  : http://whois.arin.net/rest/ip/201.17.99.28

Comentário:
Escolhi escrever de modo que, não seja fácil o desvio, ou alteração dessa mensagem, por poder ter uma rende de computador, ou um uso, do meu ponto para o uso da internet.
O filho quer me deixar com erros, com o tratamento dele, dado a mim, como então posso depor para algo, me defenser, ou me divorciar, com os direitos, que podem não existir, também com a ajuda dos meus filhos na minha moradia? Qual o direito do qual posso fazer uso agora dessa forma? Como faço a minha prima me defender disso, por querer ter atuação dela e, não posso pagar mais por isso?

Por enquanto eu estou vivendo uma realidade mas quero responder , sendo de acordo, com o que me dizia, as clolegas da Universidade de Serviço Social existia o helicóptero do governo sobrevoando e sabendo de tudo e, depiois eu soube, eu entendo não sendo pelo mesmo motivo, passdao um bom tempo e, em outro local, a existência de empregadores, que estariam em qualquer lugar e, saberiam o que quisessem.

Eu fiquei muinto tempo sem falar muinto, agora existem muintas coincidências, então eu respondo.
Os filhos ficam comigo, para a ajudá-los, mas se acabam, se ficarem com a outro, muinto mais e, têm que me aturar de maneira, em começo igual, ou semelhante e, nem o pai fica com eles, só querem essa ajuda desses filhos, dessa maneira, embora um tenha 23 anos e, o outro 19 anos. Está vago, por enquanto esse direito, sendo o mais rápida possível, necessária uma meio para se estabelecer uma saúde para esses, sabendo que esse meu cônjugue, já matou psicológicamente a minha mãe, assim o querendo e, dando mortes a outros, estando com um problema, que geram mortes, e, agora quer-me maluca e, os filhos de qualquer jeito, sendo o pior para esses, assim como para mim, por querem esses piores, que os filhos da outra pessoa e, como não conversaram tanto assim comigo, de mim tenho certeza. Ter que ficar igual ao outro quando se é a segunda, não é justo e, nem certo, por a outra pessoa, seja a que for, não ter como  certa uma vida, que seja de dever, assim como eu teria, sendo igual à minha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: