“NÚCLEO MEMÓRIA” convida para o “SÁBADO RESISTENTE”: são paulo capital / sp

Governo do Estado de São Paulo
e Secretaria da Cultura apresentam
no Memorial da Resistência de São Paulo
Largo General Osório, 66 – Luz
Auditório Vitae – 5º andarSÁBADO RESISTENTE 
Dia 11 de agosto 2012, das 14h às 17h30

Palestra de Almino Affonso marca os 50 anos da mobilização social em favor do Plebiscito

Um dos fatos da história brasileira que esteve na origem da deflagração e articulação do Golpe Civil-Militar de 1964 foi a intensa luta da sociedade pela antecipação do Plebiscito para decidir se o regime político brasileiro seria o Parlamentarismo ou o Presidencialismo. Este movimento tinha como objetivo a devolução do poder ao presidente João Goulart, que foi obrigado a aceitar o parlamentarismo como condição para sua posse após a renúncia de Jânio Quadros, em agosto 1961.

Conscientes da irregularidade constitucional que este tipo de regime significou para o País, as forças progressistas – os partidos de esquerda, sindicatos de trabalhadores urbanos e rurais, assim como estudantes organizados – constituíram a força motriz desta mobilização, inclusive com o apoio de alguns comandos militares. A palavra de ordem foi a antecipação das datas do Plebiscito que, inicialmente fixada na Emenda Constitucional para o ano de 1965, finalmente se deu em 6 de janeiro de 1963. Neste dia, num eleitorado de quase 18 milhões (quase 12 milhões compareceram às urnas) o presidencialismo obteve mais de 80% (9.457.448) dos votos contra menos de 20% (2.073.082) dos votos concedidos pelos adeptos do parlamentarismo.

O Sábado Resistente deste mês terá o privilégio de ouvir Almino Affonso, ex-Ministro do Trabalho e da Previdência Social de João Goulart, uma das pessoas que teve um papel de primordial importância neste processo. Sua palestra será um documento histórico, pela riqueza em detalhes e informações a respeito dessa luta pelo Presidencialismo, contra a direita golpista e os bastidores do Golpe que este fato originou.

PROGRAMAÇÃO

14h: Boas vindas – Caroline Menezes (Memorial da Resistência de São Paulo)
Coordenação – Alípio Freire (Núcleo de Preservação da Memória Política)

14h30: PALESTRAS

– Almino Affonso (Advogado, Ministro do Trabalho e Previdência Social em 1963, Secretário de Negócios Metropolitanos do Governo Franco Montoro em São Paulo, Vice-governador de São Paulo na gestão Orestes Quércia, ex-Deputado Federal e Conselheiro da República na gestão do Presidente Lula)
16h00: Debate

Os Sábados Resistentes, promovidos pelo Memorial da Resistência de São Paulo e pelo Núcleo de Preservação da Memória Política, são um espaço de discussão entre militantes das causas libertárias, de ontem e de hoje, pesquisadores, estudantes e todos os interessados no debate sobre as lutas contra a repressão, em especial à resistência ao regime civil-militar implantado com o golpe de Estado de 1964. Os Sábados Resistentes têm como objetivo maior o aprofundamento dos conceitos de Liberdade, Igualdade e Democracia, fundamentais ao Ser Humano.

Informações à imprensa
– Memorial da Resistência de São Paulo
coliveira@pinacoteca.org.br
– Secretaria de Estado da Cultura
Giulianna Correia – 2627-8243 gcorreia@sp.gov.br
Renata Beltrão – 2627-8166 rmbeltrao@sp.gov.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: