EGITO HOJE 23/11/2012

 

Opositores do presidente do Egito, Mohamed Morsi, começaram nesta sexta-feira (23) uma vigília na Praça Tahrir, no Cairo, contra as medidas anunciadas pelo islamita na véspera, e que concentram poderes políticos na figura do presidente.

“Todas as forças políticas revolucionárias concordaram em começar uma vigília nesta sexta”, disse em comunicado a Corrente Popular, de Hamdin Sabahi, terceiro colocado nas eleições presidenciais de junho.

Durante o dia, a polícia usou gás lacrimogêneo contra manifestantes. O confronto ocorreu em uma rua que liga a praça ao gabinete presidencial e ao Parlamento.

Pouco antes, Morsi, em discurso, garantiu que o Egito está no caminho “da liberdade e da democracia”, apesar das acusações lançadas por opositores e das cobranças da União Europeia e dos Estados Unidos.

“A estabilidade política, a estabilidade social e a estabilidade econômica, é o que desejo e é o motivo pelo o qual trabalho”, declarou em um longo discurso proferido para seus partidários reunidos perto do Palácio Presidencial, no dia seguinte ao anúncio de medidas que reforçam seus poderes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: