Que le vayas bién, L.F. Veríssimo! – por paulo timm / torres.rs

 

Não fora a querela entre ele e Juremir Machado da Silva, há cerca de 16 anos, poder-se-ia dizer que Luiz Fernando Veríssimo é unanimidade nacional. Algo extremamente difícil de conseguir, em se tratando de um gaúcho, cujo estilo franco e direto, além de cheio de razão, choca os “brasileiros” . Mas Veríssimo, apesar da brutalidade de  seu PAULO TIMMpersonagem clássico, o “Analista de Bagé”, é um homem doce, de hábitos simples e estilo quase “mineiro”.  Ele esteve conosco, aqui em Torres, no sábado anterior à sua internação em Porto Alegre,  no último dia 21, e semeou entre todos os que estiveram na apresentação de seu Sexteto (de cinco figuras) um pouco desta  empatia. Dava para notar, porém, seu abatimento físico. Felizmente, as notícias sobre seu estado de saúde são alvissareiras: o processo inflamatório está sob controle, está livre dos aparelhos e quase pronto para retomar suas atividades. Em boa hora, em sua coluna de hoje, no Correio do Povo, Juremir rememora sua polêmica com Veríssimo, penintencia-se por alguns excessos e, sem cair no pieguismo próprio destes momentos, revela sentimentos nobres. Parabéns, Juremir!

Luis Fernando Verissimo nasceu em Porto Alegre em 26 de setembro de 1936), filho do grande escritor Érico Verissimo, tendo passado parte da infância e adolescência nos Estados Unidos, onde apaixonou-se pelo jazz.  Ele próprio costuma dizer que custou muito a se encontrar no mundo e, especialmente, na literatura. Aos 75 anos, porém, tornou-se um dos mais conhecidos escritores brasileiros, com mais de 60 livros publicados. Suas s crônicas e textos de humor, com de sátiras de costumes, publicados diariamente em vários jornais brasileiros são tão apreciadas que até estimulam plagiadores a multiplicá-las apocrifamente pela Internet…Sãos os famosos hoaxes  criados e divulgados à sua revelia.  Verissimo é considerado o autor brasileiro mais citado nesse gênero. Ele é também cartunista e tradutor, além de roteirista de televisão, autor de teatro eromancista bissexto. Já foi publicitário e copy desk de jornal. É ainda músico, tendo tocado saxofone em  conjuntos que fizeram época em Porto Alegre. Um intelectual, enfim, no que isso tem de afinidade com as formas expressão da alma humana, avesso às incursões mais intrincadas das teorias e filosofias que tentam explicá-la.

Isso fica patente, numa  lembrança de seu primeiro jornalzinho infantil em família –     “O patentino” – nos personagens que criou e que cativaram o público: Ed Mort , Velhinha de Taubaté , Analista de Bagé , As Cobras , Família Brasil , Dorinha. E também nas suas tiradas, que, de tão felizes e prolíficas, ficam difíceis de serem selecionadas. De qualquer forma, almejando o pronto retorno de Veríssimo ao nosso convívio – e Torres lhe espera no veraneio ! – eis algumas, pinçadas, aliás, da rede:

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa.

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.

5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida.

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria “reuniões”.

8. Há uma linha muito tênue entre “hobby” e “doença mental”.

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.

10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: