MELODRAMAS – por jorge lescano / são paulo.sp

MELODRAMAS

 

 

I

 

  • Às vezes sinto falta de um ombro para chorar.
  • Pode chorar no meu.
  • Impossível, é por você que quero chorar.

 

II

 

  • Se você me amasse como a moça da novela…
  • Qual novela?
  • Qualquer novela, em todas há uma moça que ama desesperadamente. Eu sim te amo como o rapazola do horário nobre…

 

III

 

 

Primeiro ato:

 A mulher fez um Boletim de Ocorrência na delegacia contra o marido agressor. Deixou claro que estava sendo ameaçada de morte.

            O juiz, conforme manda a lei, estendeu uma ordem que proibia o marido de se aproximar dela a menos de trezentos metros.

 

Segundo ato:

O marido chegou com a arma em punho. A mulher se escudou com a Ordem Judicial. As balas perfuraram o papel, a cabeça e o coração da vítima.

 

Terceiro ato:

O assassino continua foragido.

 

Epílogo:

O crime de homicídio prescreve depois de vinte anos.

 

 

IV

 

A Garotinha. O Estuprador.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: