DR. SERGIO FELIPE DE OLIVEIRA – VÍDEO PALESTRA: CIÊNCIA E ESPIRITISMO – DOENÇAS E MEDIUNIDADE / são paulo

palestra do professor dr.sérgio felipe de oliveira, clínico, neuro cientista,  e pesquisador da glândula pineal. duração da palestra completa 1h:10, sendo o tempo de cada parte de 00:08 a 00:10 minutos.

A CIÊNCIA A CADA INSTANTE NOS REVELA DESCOBERTAS SURPREENDENTES QUE NOS ACOMPANHAM POR MILÊNIOS.

PARA ASSISTIR CLIQUE UMA VEZ NO CENTRO DO VÍDEO:

PARTE 1:

PARTE 2:

PARTE 3:

PARTE 4:

PARTE 5:

PARTE 6:

PARTE 7:

.

LEIA ENTREVISTA COM O DR. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA : AQUI

PARA ENTRAR EM CONTATO COM O DR. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA:

CLÍNICA PINEAL MIND

Rua Paulo Orozimbo, 916

FONE: 11.3209-5531

Próxima ao Parque da Aclimação / SÃO PAULO. CAPITAL.

About these ads

121 Respostas

  1. Maria do Socorro Andrade Simões | Resposta

    Dr. Sergio parabéns por se dedicar a um assunto ainda tão polêmico, onde sabemos que o senhor está se esforçando para dar inicio a um grande rumo da ciência, do qual muitos ainda não acordaram da grande necessidade de se estudar mais sobre o nosso corpo astral, é verdade que o senhor ainda tem muito que aprender como todos nós e pode com certeza ter alguns argumentos ainda incompletos, no entanto, aqueles que se dizem doutores e respeitáveis médicos ao invés de deixarem a vaidade e orgulho de lado, preferem criticá-lo e mostrarem seus conhecimentos de forma contrária a verdadeira caridade, ao invés de se unirem, humildemente para estudarem essas novas idéias, cada um se acha dono de uma verdade, podem até estarem mesmo mais certos do que o senhor em alguns pontos, mas não se predispõem a ajudá-lo e trocarem suas ideias de forma construtiva, que possam um dia ajudarem a humanidade. Talvez estejam mesmo inseguros, quanto aos seus reais objetivos profissionais, onde outros valores se erguem a frente de um ideal maior, ou seja, ajudar a tantos casos que a medicina tradicional, ainda não consegui desvendar. Mas, por favor, continue fazendo suas pesquisas, não importam as pedras e obstáculos que se erguem em sua caminhada. Porque, na história da humanidade sempre foi assim, as verdades são rejeitadas no início, depois polemizadas, combatidas e finalmente um dia reconhecidas como verdades intransponíveis.
    Siga em frente, porque esse é apenas um bom começo. Conte com aqueles que buscam, simplesmente, ajudar o próximo como Jesus nos ensinou. Muita paz!

  2. É impressionante!
    Tenho muito respeito pela doutrina espírita e creio na filosofia, mas como disse o próprio Cristo: Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas.
    Como algumas pessoas não tem o cuidado de checar as informações que “ouviram falar” sobre esse doutor?!?!
    Uma pessoa me falou de maneira muito entusiasta sobre a criação de uma “Universidade de Estudos do Espirito” fundada por esse Dr. Sergio que seria professor da FMUSP, onde realizada “pesquisas” que comprovavam muitas afirmações da filosofia espírita. Tal afirmação me causou bastante estranheza, uma vez que a ciência é positivista.
    A curiosidade pela incoerência da informação me levou a checar o CURRÍCULO LATTES desse senhor e nunca vi tantas informações inconsistentes. Conforme poderão checar no link abaixo:

    http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4455241

    Primeiramente NÃO EXISTE cursos de especialização de 80 horas, tal qual consta no Currículo Lattes desse senhor. O nome do orientador de mestrado que lá está, aparece com erro ortográfico, e o que mais causa surpresa e que ao checar o Currículo Lattes do orientador, o senhor Sergio não aparece como orientado do mesmo, mas sim como participante da banca da qualificação do mestrado. Fato esse inédito, pois JAMAIS vi algum orientador se tornar banca do orientado e omitir a própria orientação.
    Questionável tbm é a bolsa CNPQ que ele tbm alega ter recebido durante o mestrado de 1996 até 1998 tendo vínculo empregatício no Pineal Mind Instituto de Saúde. Lembrando que quem recebe bolsa não pode ter vínculo empregatício.
    Também com relação ao campo produções cientificas, é importante esclarecer que os jornais e revistas espíritas, não são reconhecidos no meio acadêmico, logo eles jamais poderiam estar ali, pois o campo é para “produções cientificas”.
    E especificamente em relação ao que é colocado acima sobre o Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, médico, que coordena a cadeira (HOJE OBRIGATÓRIA) de Medicina e Espiritualidade, é importante quem posta tais artigos ter o cuidado de checar com a instituição, pois o dr em questão NÃO É PROFESSOR TITULAR DA UNIVERSIDADE e a disciplina que ministra é OPTATIVA E NÃO É GRATUITA como as outras disciplinas do curso, lembrando que a UFUSP é universidade PÚBLICA e não particular, ou seja, a universidade loca o espaço para o curso do médico em questão.
    Acredito tbm ser importante lembra-los, que universidades válidas são aquelas reconhecidas pelo MEC que possuem estruturas legais para seu funcionamento. Tal estrutura vai desde a grade curricular, que comporta diferentes disciplinas e até o “corpo docente”, onde devem haver mais de um professor, com TITULAÇÃO MÍNIMA de mestrado. Tais titulações do corpo docente devem constar em link da própria instituição de ensino. Lembrando que não existe universidade onde há somente um professor.

  3. Ola Dr. Sempre tive um sexto sentido mais desenvolvidos, sonhos loucos e sensações estranhas. Sofro de enxaqueca desde pequena e recentemente fui diagnosticada com um cisto na glandula pineal. O meu Neuro diz que o cisto não me causa mal algum, mas desde que sei que tenho esse cisto, tenho tido crises agudas de ansiedade e panico. Acredito sim em mediunidade e que eu tenha algo a mais neste sentido, no entanto, nunca tive a ajuda que busco. Não sei se o cisto na pineal me causa algum mal efetivo, mas gostaria de entender melhor isso.

  4. Bom dia,
    Gostaria de saber alguns dados do Dr. Zerbine, para uma pesquisa Espiritual, que eu estou fazendo.
    As palestras sobre a grandula Pineal são bastante esclarecedoras para a vida espiritual.
    Aguardo uma resposta.

  5. Sandra Caetano de Almeida | Resposta

    BOa noite Dr. Sergio, me identifiquei com alguns sintomas sitados na sua palestra, gostaria muito de tirar algumas duvidas, gostaria do seu email.

    Agradeço

    Sandra

    Sanadmmicrorregiao@gmail.com

  6. Eu também gostaria muito de saber o email do Dr Sergio, se alguém puder me ajudar desde já agradeço, realmente é um caso de urgência. Meu email é thaisflor@yahoo.com.br. Obrigada.

  7. Alguém tem o e-mail do professor Sérgio Felipe pra me passar? Se tiver, alguém pode me responder por e-mail, no sunset.troah@hotmail.com ?

  8. Lilian Rodrigues Pereira de Castro | Resposta

    Dr. já tive alguns sonhos trágicos que aconteram, ou estava acontecendo no momento do sonho, já vi meu sogro que já havia desencarnado e outras coisas, como vejo pequenas partículas brilhantes prateadas elas se movem sem parar, às vezes durante o banho quando movimento as vejo saindo do meu corpo, minha irmã teve Linfoma de Hodking, precisei fazer uma biópsia de um nódulo de tireóide e enquanto estava esperando resultado eu comecei a pedir a Deus que não desse nada quando vi várias dessas partículas vindo de fora da minha janela e penetrando no meu pescoço, parecia um lençol branco? Naquele momento tive certeza de que meu resultado não ia dar nada. E não deu, às vezes vejo a aura das pessoas também. Sabe o que vejo? E mais, porque as vejo? Obrigada Dr. fico grata se puder me ajudar…

  9. Sempre que posso vou a casa Perseverança para ver as palestras do Dor Sergio Felipe.Sofro de cefaleia im salvas e depressao.E muito duro pois ja nao consigo trabalhar muito…as vezes sinto a presença de alguem se aproximando de mim,mas nao sou maluca…mas nao falo pro medico ….faço tratamento nas clinicas com os neuros e no Hospital Sao Paulo passo na psicologa e faço agulhamento.Minha mae faleceu vai fazer 2 anos dia 4 de julho o nome dela e Judite de Souza Oliveira.Se vcs puderem me ajudarem em alguma coisa ficarei agradecida….mas gostaria que alguem lesse e me respondesse por favor.Obrigada.

  10. Escreva o seu comentário aqui…
    Sempre que posso vejo as palestras do DR. Sergio Felipe na Casa Perseverança,sou uma pessoa que sofro de depessao e cefaleia im salvas.

  11. Drº Sérgio ….como bom estudioso do espíritimo que eu sou ,eu só acho que não devemos ficar preocupados com o que as pessoas pensam ou dizem do desenvolvimento do intelecto alheio e sim tudo oque pudermos captar através do conhecimento da Ciência /Religão/Natureza/Úniverso/Filósofia e Outros Caminhos para um Benéfico Maior em Pról da Raça Humana e do Lar Chamada Terra sempre sera bem vindo…. PARABÉNS e
    PROSSIGA ,pois o HOMEM SÓ É INÚTIL QUANDO QUANDO VIVE NA OCIOSIDADE E ISTO VOÇÊ NÃO É….. CONTINUE E ESQUEÇAS AS CRITÍCAS POIS ELAS SÓ TEM A FORTALECER OS PRÓVIDOS DE ANIMO , POIS A HISTÓRIA SEMPRE NOS MOSTROU QUE NO FIM ALGO DE SÁBIO ETERNAMENTE SEMPRE FICARÁ P/ O FUTRO DA HUMANIDADE…..

    ABRAÇOS / ELSON PRIMO…

    1. não há por quê se preocupar com o intelecto quando vc não o tem, não é mesmo?

      indico ao senhor a leitura do texto do Dr Iso Jorge Teixeira, publicada nesta página mesmo, em resposta aos equívocos ditos pelo senhor sergio, não tenha preguiça de ler o longo texto, a ociosidade torna o homem inútil, e a preguiça o torna burro.

    2. Prezado Dr. recebi essa matéria e não concordei com suas colocações, gostaria de saber sua opinião. Meu Pai, já falecido, foi operado pelo Dr. Zerbine na década de 50.

      Da Glândula Pineal à Sensibilidade Espiritual (II)
      Iso Jorge Teixeira*
      Nova análise científica e crítica das heresias científicas e distorções doutrinárias
      A excelência do Espiritismo está em seu tríplice aspecto: filosófico, científico e moral-religioso. Sem a base de sustentação filosófica, o Espiritismo desmoronar-se-ia; sem o aspecto científico seria um amontoado de fenômenos curiosos e um estímulo à superstição; sem o aspecto moral-religioso, não consolaria ninguém, seria um materialismo disfarçado; enfim, aplica-se aqui o pensamento: “A Ciência sem a religião é aleijada. E a religião sem a Ciência é cega” (A. EINSTEIN. Escritos da maturidade. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1994, p. 30).
      Em todos os nossos escritos, sempre, procuramos encarar o ser humano com uma visão antropológico-existencial, com uma visão do todo do Homem, em suas dimensões orgânicas, psicológicas, socioculturais e espirituais. Felizmente, os nossos leitores estão entendendo isso. Assim, citaremos algumas correspondências enviadas e desenvolveremos um tema, para esclarecer o leitor e demonstrar a importância da integração que deve haver no pensamento de todo verdadeiro espírita…
      No dia 04/04/03, uma inteligente jornalista dirigiu-nos a seguinte carta eletrônica:
      “Dr. Iso (Jorge Teixeira), tudo bem? Depois de um bom tempo, volto a lhe pedir ajuda, esperando que tudo esteja bem com você. Minha pergunta é simples e direta: ‘o que há de tão importante na glândula pineal?’ O que há nela de esotérico, de científico e de ‘Kardec’?
      Abraços, estou com saudades de suas respostas
      ELIANA (FERRER HADDAD)
      São Paulo – SP ”
      Respondemos à nossa leitora em artigo publicado na revista UNIVERSO ESPÍRITA (Ano I, nº 2, julho / 2003, p. 20- 23) e desenvolveremos, aqui, o que dissemos lá…
      Aspectos físicos e químicos da glândula pineal
      A glândula pineal, também chamada epífise do encéfalo, era pouco conhecida em suas funções e até bem pouco tempo tem sido considerada como um órgão em involução.
      A glândula pineal está localizada abaixo de uma porção do corpo caloso, uma estrutura localizada, digamos, quase no centro do encéfalo (Fig. 1). É coberta por uma lâmina de tecido corióide do 3.º ventrículo cerebral e, em geral, está calcificada, em adultos; por isso, pode ser visualizada radiograficamente (Fig. 2).
      A glândula pineal pesa cerca de 140 a 200 mg; portanto, é uma glândula bem pequena e comumente calcificada, sugerindo ser verdadeira, em parte, a idéia de que é um órgão em involução, em extinção. Vejamos o que nos diz a respeito o célebre livro de eminentes fisiologistas:
      “(…) Sabe-se, a partir da anatomia comparada, que a glândula pineal é um remanescente vestigial do que era um terceiro olho na parte de trás da cabeça, em animais inferiores. (…)” (GUYTON & HALL. Tratado de FISIOLOGIA MÉDICA. Edit. Guanabara Koogan S.A., Rio de Janeiro, 1997, p. 922).

      Estudos recentes vêm demonstrando a “participação” da pineal no controle das atividades sexuais e de reprodução, especialmente, no que diz respeito ao aspecto dos chamados ritmos circadianos. Vejamos o texto do livro de GUYTON (op. cit., p. 922):
      “(…) Em animais inferiores que têm seus filhotes em certas estações do ano e nas quais a glândula pineal foi removida ou os circuitos nervosos da glândula pineal foram seccionados, os períodos normais de fertilidade sazonal são perdidos. Para estes animais esta fertilidade sazonal é importante porque permite o nascimento de uma prole numa época do ano em que a sobrevivência é mais provável.(…)”
      E os importantes fisiologistas ensinam-nos:
      “O mecanismo deste efeito não está inteiramente esclarecido, mas parece ser o seguinte: Primeiro, a glândula pineal é controlada pela quantidade de luz ou pelo ‘padrão temporal’ da luz vista pelos olhos a cada dia. Por exemplo, no hamster, escuridão maior que de 13 h de duração, a cada dia, ativa a glândula pineal, enquanto uma quantidade menor que esta escuridão deixa de ativá-la. (…). Segundo, a glândula pineal secreta melatonina e várias outras substâncias semelhantes. Acredita-se, então, que a melatonina ou uma das outras substâncias vai, por meio do sangue ou do líquido do 3.º ventrículo,vai para a glândula hipófise anterior, para diminuir a secreção do hormônio gonadotrófico.
      E concluem, então, o esclarecimento de mecanismo tão complexo:
      Assim, na presença de secreção da glândula pineal, a secreção do hormônio gonadotrófico é suprimida em algumas espécies de animais, sendo as gônadas inibidas e, mesmo, parcialmente involuídas. Isto é, presumivelmente, o que ocorre nos primeiros meses do inverno, quando a escuridão é crescente. Mas, depois de quatro meses de disfunção, a secreção do hormônio gonadotrófico supera o efeito inibitório da glândula pineal e as gônadas tornam-se novamente funcionais, pronta para uma primavera de plena atividade”.
      Enfim, estudos mais recentes demonstram que a pineal estaria ligada aos ritmos circadianos, isto é, aos ritmos vitais, que se repetem quase matematicamente: sono/vigília; períodos de cio e de reprodução, como vimos, etc. Mas, ainda estamos longe de transportar esses achados científicos nos animais inferiores para o ser humano…
      A pineal e o esoterismo
      Do ponto de vista esotérico, a glândula pineal funcionaria como um “terceiro olho”, isto é, como uma zona – um chacra – localizada acima e entre os olhos, zona esta que seria responsável pelas nossas intuições transcendentes, pela nossa expansão de consciência.

      O “terceiro olho” nos animais inferiores era uma realidade e tinha um a razão de ser, mas no Homem é uma concepção mística, esotérica, nada tem de científica
      Imagem extraída de José Antonío García Segovíano y Rafael Campos Rodríguez Internet.
      Interessante notar que, desde milhares de anos, a pineal está presente na escala dos vertebrados, dizem alguns estudiosos. Sobre ela foi dito: “(…) No limite da ciência moderna é considerada fotossensitiva, paralelamente é psicosensível, pois a meditação transcendental realça suas funções. Só uma coincidência? Talvez, porém, assombrosa.” (Jose Antonío García Segovíano y Rafael Campos Rodríguez . La Glándula Pineal y sus Efectos en el Sistema inmunológico. Maio/Junho-1997-Internet).
      Certamente, há uma assombrosa coincidência ante a admissão, pela remota Antigüidade, da função da pineal como terceiro olho, misticamente concebida pelos esotéricos e a existência, real, de um 3.º olho remanescente, fotossensível, nos animais inferiores; entretanto, a nossa discordância na concepção esotérica é o fato de querer-se materializar um aspecto do Homem que é eminentemente espiritual e, em pleno século XXI, atribuir-se funções espirituais, misticamente, a uma glândula com funções ainda obscuras, mas, certamente, com caráter físico e químico indubitáveis, isto é, nada espirituais…
      A pineal e os filósofos
      Acreditamos em que a glândula pineal não é a “sede da alma”, como muitos confrades advogam, baseando-se em leitura ligeira de PLATÃO; porque, a concepção platônica de imortalidade da alma não tem nenhuma relação com aspectos materiais, ela é eminentemente metafísica, basta que se estude a Doutrinas das Idéias do filósofo grego…
      O filósofo RENÉ DESCARTES, este sim, defendeu a tese de que na pineal estaria a sede da alma… Nos últimos dos seus trabalhos publicados durante sua vida, saiu a lume, em novembro de 1649, poucos meses antes de sua morte (cf. IVAN LINS. DESCARTES – Época, vida e Obra. Liv. São José Edit., 2 ed., Rio de Janeiro – GB, 1964, p. 340). Esta última obra foi intitulada Tratado das Paixões da Alma. Aqui e numa carta a MEYSSONIER, médico de Lyon, disse DESCARTES sobre a pineal:
      “A razão que me leva a crer seja essa glândula a sede da alma é não encontrar, em todo o cérebro, nenhuma outra parte que não seja dupla [grifos nossos]. Ora, não vendo senão uma única cousa com os dois olhos, não ouvindo senão um mesmo som com os dois ouvidos, e, enfim, não tendo nunca senão um pensamento ao mesmo tempo, é absolutamente necessário que as impressões, que nos chegam através dos olhos, dos ouvidos, etc., se unam em alguma parte do corpo para serem aí consideradas pela alma.”
      E o grande filósofo conclui a sua argumentação:
      “Ora, não podemos encontrar nenhuma outra nestas condições, em toda a cabeça, senão a glândula pineal, que se acha, além do mais na situação mais adequada para esse fim, isto é, no meio, entre todas as concavidades, sustentada e cercada por pequenas ramificações das carótidas, que trazem os espíritos (a) ao cérebro”.
      (a)- Os espíritos, na concepção de DESCARTES, eram as partes mais sutis e voláteis do sangue (cf. op. cit., p. 341).
      Enfim, as idéias de RENÉ DESCARTES, apesar de arrojadas para o seu tempo, baseadas anatomicamente, demonstram que o grande sábio errou redondamente, pois sabemos hoje que a glândula pineal não é a única que não é dupla, pois também a HIPÓFISE também é ímpar,única, no centro do cérebro… A propósito, disse JULES SOURY sobre DESCARTES neste particular:
      “Tal sábio pode ter errado, tanto quanto Aristóteles, no atinente à sede da alma. Fez, contudo mais, a propósito da teoria das sensações, das paixões e da inteligência, do que os mais exatos anatomistas e os fisiologistas de qualquer tempo.” (cf. op. cit., p. 340).
      Portanto, prezados confrades, a tese dos filósofos citados quanto à localização da sede da alma não têm nenhuma sustentação na realidade anatômica nem fisiológica, erraram os filósofos neste particular…
      A pineal e a concepção espírita
      A alma – Espírito encarnado – não tem localização precisa em nenhum órgão de nosso corpo [a propósito, sugerimos que se leia, com atenção, as respostas das questões 140 e 141 de O Livro dos Espíritos (OLE)] e, especificamente, a questão 146 de OLE é bem esclarecedora, na qual KARDEC pergunta:
      A alma tem, no corpo, uma sede determinada e circunscrita ?
      E a resposta da Espiritualidade Superior não nos deixa dúvidas:
      — Não. Mas ela se situa mais particularmente na cabeça, entre os grandes gênios e todos aqueles que usam bastante o pensamento e no coração dos que sentem bastante, dedicando todas as suas ações à Humanidade.”(grifos nossos).
      Conclui-se, doutrinariamente, que a alma não deve ser localizada, anatomicamente, pois neste particular não há nenhuma relação entre cabeça e coração. Além disso, não devemos confundir fluidos vitais (matéria quintessenciada) com Espírito (cf. resp. à questão 146-A de OLE).
      Outros confrades querem atribuir à pineal a função de “centro da mediunidade”, baseados em informes mediúnicos, não-controlados pelo criterium da concordância universal dos ensinos dos Espíritos. Também esta é uma teoria que, a nosso ver, não tem nenhuma sustentação científica e filosófica… Se a mediunidade baseia-se nos “fluidos” perispirituais, e na sua combinação, por que localizá-la? E, numa glândula?! Materialmente!!
      O padre QUEVEDO afirmava haver um local de captação hiperestésica de sons, estímulos visuais, etc. – que independeria de distância; tal local seria o epigástrio, ou seja, aquela região conhecida popularmente como boca do estômago. Dizia o “parapsicólogo”, inconseqüentemente:
      “(…) A importância do epigástrio deve ser destacada em Parapsicologia. A hiperestesia é especialmente freqüente nesta região do corpo.” (QUEVEDO, OSCAR GONZÁLEZ. A Face Oculta da Mente. Ed. Loyola, 6 ed., São Paulo, 1965, p. 59).
      A tese do padre QUEVEDO é literalmente indigesta e a dos confrades, relacionando mediunidade com glândula pineal, acima referida, muito se assemelha à do padre, difere somente na localização… Em nosso modo de entender, ambas são errôneas e sem nenhuma constatação científica…
      As teses do Dr. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA, de São Paulo, por exemplo, não resistem a uma análise com o mínimo de rigor científico… Muito citado no movimento espírita como “cientista” e “pesquisador da pineal”, suas afirmações, as mais banais, são CONTRADITÓRIAS e, por vezes, PSEUDOCIENTÍFICAS… Assim, ora ele diz que a pineal “não se calcifica” (cf. resposta numa entrevista a PAULA CALLONI DE SOUZA , do IPPB (Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas), na Internet, quando perguntado: “É verdade que a pineal se calcifica com a meia-idade? E essa calcificação prejudica a mediunidade?”
      ”Não, a pineal não se calcifica – afirmou o Dr. SÉRGIO FELIPE -; ela forma cristais de apatita, e isso independe da idade. Estes cristais têm a ver com o perfil da função da glândula. Uma criança pode ter estes cristais na pineal em grande quantidade enquanto um adulto pode não ter nada. Percebemos, pelas pesquisas, que quando um adulto tem muito destes cristais na pineal, ele tem mais facilidade de seqüestrar o campo eletromagnético.(…)”. E ora o Dr. SÉGIO FELIPE afirma o contrário, isto é, que a pineal “se calcifica”, como aconteceu em sua entrevista na Cidade do Porto, Portugal, publicada no JORNAL DE ESPIRITISMO (órgão da Associação de Divulgadores de Espiritismo de Portugal – ADEP, ano I , n º 2, Janeiro / Fevereiro de 2004, pág. 11, quando perguntado se “A glândula pineal altera-se com a idade”? Eis a resposta do contraditório pesquisador:
      “De facto, ocorre a biomineralização da glândula pineal, ela calcifica-se. (…)”.
      Tal contradição é inconcebível num homem que se diz “pesquisador”!! Mas, não é só isso, seus argumentos são pseudocientíficos; por exemplo: ele afirma que teria encontrado “cristais de apatita” na pineal em suas “pesquisas científicas”, como se tivesse descoberto a pólvora!… Ora, a APATITA é, por definição, “fosfato de CÁLCIO NATURAL, hexagonal, contendo flúor e cloro, que se encontra nas rochas eruptivas ou metamórficas e no TECIDO ÓSSEO”, basta que se consulte um bom dicionário ou uma boa Enciclopédia… Ou seja, a APATITA é componente NATURAL de QUALQUER tecido ÓSSEO, ou seja, é um sinal de CALCIFICAÇÃO. Portanto, a PINEAL CALCIFICA-SE, SIM, e isto é um indício relevante de que a glândula está em INVOLUÇÃO… Basta que se radiografe o crânio de uma pessoa para que lá encontremos a PINEAL, calcificada; ou seja, a componente APATITA na pineal é conhecida há muitos anos, não é resultado de pesquisa recente e muito menos do pesquisador Dr. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA… Não há nada de místico nos cristais de apatita, como as elucubrações contraditórias e pseudocientíficas do Dr. SÉERGIO FELIPE faz pressupor aos desavisados…
      Concluindo, é nossa opinião, a glândula pineal é um órgão em involução, em extinção no Homem; pois na evolução física deste, ela vem perdendo, progressivamente, as funções que exerciam e exercem nos animais inferiores. É um órgão de pouco peso no Homem, tanto anatômica quanto fisiologicamente e isso nos parece mais ou menos claro, pois a sexualidade e reprodução do Homem atual não precisam ser controladas por um órgão; o Homem possuindo o livre-arbítrio, não necessita de cio e pode, perfeitamente, controlar a reprodução.
      A Providência Divina é sábia e um órgão em extinção em vez de, aparentemente, contrariar a perfeição divina, vem confirmar que tudo se liga e se encadeia, harmoniosamente, na Natureza…
      As indagações da Sra. ELIANA FERRER foram sucintas e simples, mas a nossa resposta tinha de envolver aspectos científicos complexos, numa visão pluridimensional do Homem; parece-nos que deveríamos sempre avaliar os fenômenos humanos, sob esta visão do todo.
      A importância da base filosófica em nossas vidas
      No dia 13/03/03 recebemos o seguinte mail: “Sr. Iso, li seu artigo “O deslumbramento das flores e a fragilidade dos homens” e fiquei verdadeiramente emocionada. Procuro estudar a doutrina e vou sempre a um Centro Espírita perto de minha casa. E quanto mais estudo mais percebo o quanto há para aprender e peço a Deus que me auxilie para que o meu aprendizado seja de alguma valia. Pretendo estudar, como o senhor, Psicologia e quem sabe possa trabalhar melhor quando entender, ainda que um pouco, tudo o que a doutrina oferece. Agradeço sua contribuição.
      Viviane
      O artigo a que a leitora se refere foi título de capa de O SEMEADOR (jornal da FEESP) de março/2003, publicado nas págs. 8 e 9. Em nossa resposta preliminar, dissemos: “Nós, sim, ficamos verdadeiramente emocionados com sua mensagem. A sua atitude filosófica é, também, semelhante à de SÓCRATES, que dizia, com outras palavras, que a verdadeira SABEDORIA é saber que não se sabe algumas coisas, daí a importância do ESTUDO constante e isso tentamos transmitir ao leitor e a Sra. entrou em sintonia com nosso pensamento… Mensagens como a sua são muito gratificantes e são indícios de que estamos no caminho certo”. A seguir solicitamos a Cidade e Estado da leitora.
      Em resposta de 16/04/03, dentre outras coisas, ela acrescentou: (…) Estou lendo um livro que se chama “Fédon – diálogo sobre a alma e morte de Sócrates” e acho muito interessante que mesmo tanto tempo antes da vinda de Cristo, Sócrates já tivesse uma idéia tão ampla sobre a imortalidade da alma e como ele passava isso aos seus discípulos. (…) gostaria de dividir essa alegria. A alegria da descoberta, do conhecimento e como sou apaixonada por leitura, gosto de dividir o que encontro por aí. A propósito, se souber de um bom livro, por favor, indique-me. Tenha um bom feriado de Páscoa. Um abraço
      VIVIANE SOUZA
      Cotia – SP
      Dissemos à estudiosa leitora que continuasse a ler SÓCRATES e PLATÃO, pois está bem acompanhada e que a sua alegria do conhecimento sempre existe naquelas pessoas que buscam o crescimento espiritual e a Filosofia é a base de todo conhecimento verdadeiro e, em SÓCRATES, ressalta-se a necessidade do cumprimento do oráculo: “conhece-te a ti mesmo”.
      Depois de ler PLATÃO, ou paralelamente, seria interessante ler os 12 (doze) volumes da Revista Espírita, Jornal de estudos psicológicos, de ALLAN KARDEC (existe uma tradução da EDICEL), que é um estudo suave e variado do “laboratório” de KARDEC e da visão do Espiritismo em seu tríplice aspecto. É uma leitura simultaneamente amena e informativa e de importância fundamental para o verdadeiro espírita.
      A carinhosa manifestação da leitora parece-nos demonstrar que a Ciência Espírita não pode abdicar dos princípios filosóficos verdadeiros, eternos, de ontem e de hoje e os aspectos filosóficos do Espiritismo sempre estiveram e estarão presentes em nossos artigos, daí, talvez, a sintonia da leitora…
      Manter o quotidiano em perspectiva espiritual
      No dia 03/04/03 recebemos uma tocante mensagem em E-mail:
      Caro Iso, parabéns pelo texto escrito para O SEMEADOR .
      Obrigado pela linda leitura dos ensinamentos de Jesus. São textos como estes que nos ajudam a manter nosso cotidiano em perspectiva (espiritual) não deixando que esqueçamos do que realmente somos.
      Abraços,
      FERNANDO SPALDING
      São Paulo – SP

      O texto a que se refere o leitor é o mesmo referido pela leitora VIVIANE.
      São mensagens com a delicadeza como a desses leitores, que nos deixa verdadeiramente sensibilizados, pois elas nos dão a certeza de que a visão espírita de um homem-de-Ciência, como nós, deve atingir o seu aspecto tríplice e parece-nos que estamos atingindo os nossos objetivos, que são o de esclarecer e consolar sempre que possível e, usando as palavras do confrade FERNANDO, manter o quotidiano do leitor em perspectiva espiritual, independentemente de classe social.
      Certamente, não foi a glândula pineal do Sr. FERNANDO SPALDING nem das Sras. VIVIANE e ELIANA que os inspiraram a nos escrever, nem foi a nossa que viu na mensagem de ambos um aspecto transcendente. Obrigado aos três pela oportunidade que nos proporcionaram para esclarecer o leitor e tentar mantê-lo em perspectiva espiritual quotidiana à luz da Ciência Espírita, sustentada por tão grandiosa Filosofia. Como disse o Espírito VERDADE no cap. VI, item 5 “in fine”, de O Evangelho segundo o Espiritismo:
      “Espíritas: amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo”.
      O Espiritismo rasga o véu da ignorância e consola o coração dos homens.
      OS COMEDORES DE BATATAS. VINCENT VAN GOGH. 1885

      Um grupo de pessoas simples em torno da mesa onde fumega um único prato de batatas; os rostos e as mãos marcados pelo trabalho e cansaço.
      QUALQUER QUE SEJA A NOSSA
      CLASSE SOCIAL
      DEVEMOS MANTER O NOSSO QUOTIDIANO EM PERSPECTIVA ESPIRITUAL

      * Dr. Iso Jorge Teixeira
      Livre – Docente de Psicopatologia e Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da
      Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

  12. Dr. Sergio gostaria caso possa esclarecer um colocação dita pelo Mestre Rumi, quando ao ser perguntado sobre quem tinha razão entre dois irmãos? O fato é simples e tornou complexo, em relação a interpretação; um Irmão comenta que a Bandeira está balançando o outro fala que o vento e que faz ela balançar. Ao perguntar ao Mestre, a resposta é que ambos estão errados, é a consciência que registra seu movimento.

  13. moro em Niteroi e gostaria que o dr sergio me indicasse um neuroendocrinologista em niteroi .

  14. Demasiados humanos…

    1. filosoficamente Nietzsche.

  15. vamos raciocinar , a palestra e os comentários de todos so nos beneficiam vamos tirando conclusões que promovemos as nossas capacidades de libertar-nos.
    abraços

  16. Nossa desafiar a ciência e a medicina, usando aparelhos de ressonância magnética, microscópio eletrônico e entre outros…!!! É um tanto paradoxal, se é que compreende o que essa palavra significa. Não sei se os senhores sabem, mas é através de teorias físicas aplicadas na tecnologia que se desenvolvem estes aparelhos. Saúde Quântica… Neste simpósio a saúde foi discretizada ??? Se é que entende.
    Pedro Costa.

  17. NADA COMO DESAFIAR A CIÊNCIA E A MEDICINA PARA CRIAR CELEUMAS . DR. SERGIO FELIPE NÃO É UM MERO CONTADOR DE HISTORIAS SOBRE A PINNEAL NEM UM SUJEITO BEM HUMORADO QUE FAZ GRAÇA EM SUAS PALESTRAS. ELE É UM CIENTISTA RESPEITADO COM PESQUISAS E LAUDOS MÉDICOS QUE COMPROVAM SEUD ESTUDOS . QUEM QUIZER DIACORDAR DELE QUE QUEIME SUAS PESTANAS ESTUDANDO E PESQUISANDO COMO ELE FAZ E NÃO SIMPLESMENTE ARGUMENTANDO SOBRE TEORIAS E ESTUDOS QUE PODEM AGORA NÃO ESTAR FAZENDO MAIS SENTIDO. ASSISTI SUA PALESTRA NO II SIMPOSIO DE SAÚDE QUANTICA E O ACHEI BRILHANTE E NO MÍNIMO DESAFIADOR , O QUE FALTA A MUITA GENTE.

    1. PREZADA LUIZA, VOCE MUDARIA SEU DISCURSO SE ENTENDESSE UM POUCO DE FÍSICA. A DESPEITO DAS PESQUISAS DO DR SÉRGIO, DESCONHEÇO, MAS QUEIME VOCÊ SUAS PESTANAS ESTUDANDO E PESQUISANDO PARA SABER O QUE REALMENTE ESTÁ FALANDO. QUALQUER PESSOA GRADUADA E UM POUCO MAIS INSTRUÍDA RECONHECE QUE, EMBORA O TEMA ABORDADO PELO DR SERGIO TENHA ALTA RELEVANCIA, ELE FAZ LEVANTAMENTOS INFUNDADOS, OS QUAIS SÃO PERCEBIDOS POR AQUELES QUE REALMENTE SE AFUNDARAM EM LIVROS E PESQUISAS, A PROPÓSITO, VOCE SABE MESMO O QUE É QUÂNTICA? SIMPÓSIOS DE QUÂNTICA SURGEM TODO DIA, MAS AQUELES QUE TRATAM DESSE ASSUNTO, NÃO O FAZEM COMO DEVERIAM! DESAFIADOR É ENTENDER A BELEZA DA FÍSICA QUE APENAS AQUELES QUE SE DEDICAM ARDUAMENTE PARA ISSO, O FAZEM, PORTANTO, GUARDE SUAS PALAVRAS PARA QUANDO ELAS FOREM NECESSÁRIAS. A PROPÓSITO, EM BREVE ASSISTIREI UMA PALESTRA DO DR SÉRGIO, E TEREI O PRIVILÉGIO DE DIZER-LHE PESSOALMENTE SOBRE SEUS EQUÍVOCOS!

      1. sério? já disse a ele? e ai escreva aqui pra gente saber vamos lá escreva… Estamos esperando hein! Não vá esquecer ou fingir de esquecer hein!

  18. Boa noite, Doutor Sérgio.
    Meu nome é Pedro e Sou estudante de Física do Instituto de Física teórica da UNESP. Minha área de estudo é Física relativística e estou iniciando estudos em física de particulas elementares.
    Ao assistir uma palestra e uma entrevista sua, senti-me com muita vontade de entrar em contato com o senhor para poder te esclarecer sobre conceitos que vem afirmando com tanto convicção e estão absolutamente errados.

    Em primeiro lugar, gostaria de dizer que não só a matéria, como a anti-matéria existem, o fato de enchergamos o mundo ao nosso redor não é só devido a existência de luz, ou melhor dizendo, fótons, que são partículas desprovidas de massa, mas também pela existência da matéria, afinal o que nós vemos é o produto da interação da matéria com a radiação. Quando o Doutor faz piadas, que temos que ter muita fé para acreditar em algo que não podemos tocar e ver, o senhor está se limitando a incapacidade humana, que interage com o universo através das interações eletromagnéticos. Para percebemos a existência da matéria ao nosso redor devemos analisar seus rastros pelo Universo, como a deformação de espaço causada pela massa, ionização de átomos entre outros. Para este ponto sugiro que o senhor estude um pouco sobre partpiculas e você constatará a existência de uma infinidade de matérias diferentes.
    Porque a matéria é uma extensão de onda- partícula e é limitada pela visão clássica que temos do mundo.

    Um segundo ponto que devemos analisar é que o senhor diz que a Cíência e a filosofia são limitadas pela razão. E eu lhe digo: elas vão muito além! ela confirma a existência de coisas que não podemos ver nem tocar e vai contra a nossa razão, como radiação eletromagnética invisíves ao nossos olhos, que é por muitas vezes citado em suas palestras, como neutrinos atravessando o nosso corpo a todo instante.
    Além disso, existem teorias, como a teoria das cordas que prevê dimensões extras para o universo, isso é dado pela razão? A teoria quântica prevê universos paralelos…e assim por diante. Desde a Filosofia dos Pré-socráticos o homem vem costatando a existência de coisas que não podia ver nem tocar de maneira brilhante, frases como ” è impossível que algo venha do nada”…”se tudo tivesse surgido, antes nada poderia ter sido” Ditas por Xenófanos De Colofão. Sócrates, um grande defensor da ciência, diz que opiniões que não sejam baseadas na ciência são vazias, e defendia como matéria básica para um verdadeiro filósofo, que busca a verdade, conhecer a matemática, o único meio de se obter ao verdadeiro conhecimento, pois ele já sabia que não podiámos confiar nos nossos sentidos. Com sua razão, sem defender nenhuma religião mostrou o que é um homem justo.

    Um outro ponto que sócrates afirma é a existência da alma, como algo que não pode ser criado e nem destruído, e como o senhor de maneira exata diz nas palestras que a consciencia deve vir de algo fora do corpo. Mas neste caso eu lhe indago, se a alma está de acordo com o que sócrates afirma, como pode haver um criador?
    Quando diz que a ciência e a filosofia são limitadas pela razão, o senhor retira a grandeza de que tudo isto é, e ainda pode retirar o desejo de quer conhecê-las a fundo, pois se ela é limitada e o espiritismo não, vou direto para o ilimitado, certo? Assim como sócrates acredito que todo o entendimento das coisas se dão através delas, e mais o nosso maior objetivo aqui na Terra é aprender e conhecer a verdade.
    E uma curiosidade qual é a faixa de frequência captada pela glândula pineal que vem dos espíritos?
    Se o senhor quiser vá assistir a palestra no IFT-UNESP que é: Quando a física encontra a neurociência, lá vc poderá levantar suas questões e muitos estarão aptos a lhe responder, dia 07 de outubro às 19 horas na barra funda.

    Conheça meu blog, talvez te ajude um pouco a conhecer mais de física e filosofia
    http://www.e0mc2.blogspot.com
    e sugiro que veja este vídeo

    1. Desculpe-me pelo meu erro gramatical ENXERGARMOS.

      1. Caro Pedro
        Bom dia
        Um certo sábio, de quem tens notícias, disse-nos:”Penso, logo existo!”.
        Esta frase se constitui na expressão de uma idéia , produção de uma mente, e persiste como verdade inquestinável até os dias atuais.
        Diante da consistência do raciocínio que sua autoridade de pesquizador, de quem busca a verdade, a essência da vida, de seus objetivos, os porquês do Sêr, do Destino, da Dor esclarêça-nos à ignorância por sua luz, e pelo seu compromisso com a Verdade.
        Se não é nada disso e se eu nada entendí, desculpa-me a perda de seu tempo!
        Sou um humildade engenheiro, nasciso em 1946, que milita pela vida de minha bendita profissão a 41 anos.
        Assim sendo, tenha a dignidade de estabelecer um ambiente de ilumunamento para quem procura-o.
        Que os eflúvios do esclarecimento te contemplem.

        1. Prezado João Campolina,
          A luz do conhecimento chega aos olhos daqueles que a querem enxergar. A minha contestação sobre a palestra do doutor Sérgio Felipe deve-se ao fato dos equívocos de erros físicos por ele ditos, sendo que eu como humilde estudante de física, pude perceber. Assim como outros equivocos foram percebidos pelo doutor Iso Jorge, sobre os quais não têm relação com minha área, mas são do entender dele. Percebe-se, então que a maioria leiga não percebe tais erros e se dislumbra com seu ditos. Cabe a mim e aos outros que percebem os erros dele e dos demais esclarecer alguns conceitos, pois caso contrário o conhecimento morreria com cada um de nós e não seria passado a diante.
          E esse é o verdadeiro espírito da ciência, essa frase Penso, logo existo!”. dita por Descartes deveria ser mais usada pelas pessoas, pois no mundo atual são poucas pessoas que “existem”.

          1. Olá Pedro
            À partir do instante que conhecemos o universo d ondas e vibrações em que vivemos e que um certo cientista prêmio Nobel afirma-nos que o grande contributo de sua geração para humanidade foi a constatação do poder que tem o nosso pensamento de movimentar átomos, a cada dia que passa e que observamos como podemos influir em nossas circunstância e estas a agirem em nossos circunstantes efetivamente percebemos quão longe nossa razão está da verdade toda inteira, incólume, soberana, anos aguardar a harmonia e a dignidade de podermos desfrutar das conseqüência sde nossos atos a contribuirem para a construção do ser integral. Vamos bafejar com o conhecimento que temos, seja em que área for, para a construção do bem comum. O máximo que conseguirmos fazer nessa seqüência, com certeza, ainda estará muito aquém do mínimo indispensável sob nossa responsabilidade. Vamos em frente. Foi bom falar com você. Obrigado.

  19. Maria Helena Gonçalves Siqueira | Resposta

    Concordo com tudo que foi escrito aki… o Dr. Sérgio é um espírito mto evoluido… obrigada por suas explicações.

  20. Hola Dr. Pertenezco a la Franternitas Rocicruciana Antiqua de Costa Rica y estamos muy interesados en su trabajo. Nos encantaría entrar en contacto con usted si es posible.

    Saludos cordiales,

  21. Dr. Sérgio, quando tou trabalhando com magnetização na terapia percebi que a pupila dilata no momento que sinto a pineal pulsar. Pergunto: como é possível se fisiologicamente o sistema nervoso autônomo é o responsável pela dilatação e contração da pupila?
    desde já agradeço
    62 92919655

  22. una vera scoperta!!! il professore deve avere una platea ancora più vasta pechè le sue scoperte ed afermazionoi gioveranno a milioni di persone malate come me!

  23. Patricia Soares de Lucena | Resposta

    Gostaria de obter o e-mail do Dr. Sérgio, pois tenho uma filha de 10 anos com microcefalia e queria muitíssimo poder tirar certas dúvidas sobre o desenvolvimento dela, que está bem longe do prognóstico dado baseado nos exames de imagem. Desde já, agradeço pela atenção. Abraços.

  24. querido amigo carlos obrigada pela sujestao infelismente estou em recife
    olinda, pe aqui nao consegui nenhum lugar ,valeu.

  25. luciana…. procure um dojô da Arte Mahikari. Em São Paulo, na rua Paracatu, Saúde, ou na LIberdade, na rua São Joaquim, próximo ao metrô.
    Lá você desvendará todos os mistérios da pineal, do sono, da perturbação espiritual, e encontrará uma solução definitiva para os seus problemas. E, o melhor, sem custo algum! Vá hoje mesmo! Abraço, e seja feliz!

  26. é com enorme praser de estar aqui por essas letras,Participei do seminário
    em recife e ate fiz uma pergunta,sabe tenho insonia desde pequena ,mais so agora aos 32 anos que agravou sou espirita e ja faço tratamento no centro, mais nao consego faser um tratamento na area da medicina eles so me dao remedios muito fortes estes remedios ja nao estao fasendo tanto efeitos como fasiam,ja passei semanas sem pregar os olhos. mesmo assim estou trabalhando bastante na minha conduta e nas ajudas do
    centro. tenho uma vida otima so tenho medo de nao parar mais de me medicar, por favor me responda………..obrigada

    1. olá Dr sérgio já falei la em cima
      gostaria de deixar o meu imail (lucianademais1818@hotmail.com)
      parabens pela grande palestra em recife e pela apresentaçao que teve na tv vc mostrou realmente a importancia da grandesa do espiritismo e ainda mais a ciencia junto com o espiritismo parabens nota 10.

  27. Dr. Sérgio será que a apatita encontrada na glândula pineal tem a ver com a quantidade de flúr que ingerimos??

  28. PRECISO COM URGÊNCIA O E-MAIL DO DR. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA. POIS TENHO UMA CONSULTA AGENDADA COM ELE 12/08 MÁS PRECISO PARA O MAIS BREVE POSSÍVEL POIS O CASO É GRAVE. OBRIGADA………………

  29. Qual o email de contato do Dr. sergio Felipe?

    Muito agradecido?

  30. PREZADOS SENHORES
    LI E RELI TODOS OS DEPOIMENTOS DOS ILUSTRES AMIGOS E IRMÃOS EM HUMANIDADE , RECONHEÇO QUE TODO PONTO DE VISTA TEMOS QUE RESPEITA-LOS , POIS É DAI QUE VAMOS RESGISTRANDO NOVOS CONHECIMENTOS PARA PARTAMOS POR UM OBJETIVO MAIOR E MAIS SEGURO , MAS LEMBREMOS QUE SOMOS SERES COM
    BAGAGENS TRAZIDA DO PRETERITO , UM EXEMPLO BEM SIMPLES , E O DA FAMILIA QUE TENDO CINCO FILHOS , É DADO A MESMA EDUCAÇÃO PARA TODOS , E NO DECORRER DA VIDA, EM SEUS ATOS E PENSAMENTOS ,SÃO INDIVIDUALIDADES DIFERENTES EM AGIR E PENSAR , FORA AS INFLUÊCIAS EXTERNAS QUE SÃO ENVOLVIDAS. NOS DEPOIMENTOS , ALGUNS AMIGOS CRITICAM VEEMENTE , MAS O CAMINHO É QUE UNAMOS ESFORÇOS NO SENTIDO DO CONHECIMENTO PARA DESVENDARMOS O QUE AINDA A HUMANIDADE DESCONHECE.
    DESCULPEM
    ABRAÇOS
    ALIPIO

  31. PREZADOS SENHORES
    MAGNIFICA REPORTAGEM INFOCANDO A GLÂNDULA PINEAL , QUE PARA MIM A COISA MAIS IMPORTANTE QUANTO AO SEU ESTUDO , E TENHO COMO MAIS BRILHANTE E OBJETIVO O DR. SERGIO DE OLIVEIRA QUE O ACOMPANHO A MUITO TEMPO EM SUAS PESQUISAS E A MEDICINA DEVE DAR TODA ÊNFASE PARA QUE AVANCEMOS NO CONHECIMENTO E O QUE SOCRATES NOS DEIXOU (CONHEÇA A TI MESMO) QUE ESTA REGISTRADO NO “LIVRO DOS ESPIRITOS”.
    ABRAÇOS FRATERNOS
    ALIPIO

  32. Eu assisti a palestra do Dr. Sérgio e gostei dos eu conteúdo. Sou formado em Psicologia. Quando Fiz Psicologia Médica e Psicossomática, acabei ampliando ainda mais minhas observações no campo metafísico.Mas sempre com muita cautela. Quando me tornei neuropsicólogo clinico vi que ainda sabemos muito pouco sobre as funções cerebrais e ainda a discussão sobre mente e cérebro, e por que não dizer o conceito de consciência. Hoje faço Neurociências na Federal do RJ, mas uma vez estou diante de muitos profissionais de saúde que tb buscam explicações para as questões metafisicas diante das afecções complexas de seus paciente. Eu sou muito cauteloso em misturar aquilo que acredito ( pela fé ) com aquilo que posso acreditar pela pesquisa séria. Apesar de eu sentir simpatia pelos estudos da doutrina em relação ao Homem como um todo, eu sinto que nada temos de provado, pela ciência ( fisiologia ) que a glândula Pineal tenha alguma função que possibilite o contato com o mundo extrafísico.
    E ainda coloque que o Espiritismo como ciência e filosofia é um enorme campo para os pesquisadores. Já a parte religiosa é uma questão fé ( foro íntimo.
    Vou ver se consigo fazer contato com o Dr. Felipe.

  33. Há tempos estudo a ciência espírita sob a visão da Medicina ou das
    ciências físicas ou metafísicas.
    Achei a palestra do Dr Sergio muito instrutiva, elucidativa, e também
    intrigante, no sentido de me fazer estudar muito mais ainda.
    Desejo fazer contato e receber subsídios para aculturar-me.

  34. Antonio Roberto de Arruda | Resposta

    Glandula Pineal – Li a entrevista em que o Dr Sergio Felipe de Oliveira disse que a pineal não se calcifica. O Dr Iso Jorge de Oliveira, comenta esse fato dizendo qie o Dr Sergio entrou em contradição, mais tarde, afirmando a calcificação. arrisco opinar que foi questão de palavras. Será que o Dr Sérgio naquela ocasião não se referiu à antigo conhecimento que a pineal se atrofia após a adolescencia e perde a sua função?

  35. Antonio Roberto de Arruda | Resposta

    Glandula Pineal – Sobre a sua opinião referente a resposta do Dr Sergio Felipe de Oliveira que a pineal não se calcifica. Será que ele não se referiu a antigo conhecimento que a pineal com a idade adulta se atrofia e perde sua função, a de conter a sexualidade até o fim da puberdade? Qdo mais tarde ele afirma que essa glandula se calcifica apresentando cristais de apatita.

  36. Prezado Dr. recebi essa matéria e não concordei com suas colocações, gostaria de saber sua opinião. Meu Pai, já falecido, foi operado pelo Dr. Zerbine na década de 50.

    Da Glândula Pineal à Sensibilidade Espiritual (II)
    Iso Jorge Teixeira*
    Nova análise científica e crítica das heresias científicas e distorções doutrinárias
    A excelência do Espiritismo está em seu tríplice aspecto: filosófico, científico e moral-religioso. Sem a base de sustentação filosófica, o Espiritismo desmoronar-se-ia; sem o aspecto científico seria um amontoado de fenômenos curiosos e um estímulo à superstição; sem o aspecto moral-religioso, não consolaria ninguém, seria um materialismo disfarçado; enfim, aplica-se aqui o pensamento: “A Ciência sem a religião é aleijada. E a religião sem a Ciência é cega” (A. EINSTEIN. Escritos da maturidade. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1994, p. 30).
    Em todos os nossos escritos, sempre, procuramos encarar o ser humano com uma visão antropológico-existencial, com uma visão do todo do Homem, em suas dimensões orgânicas, psicológicas, socioculturais e espirituais. Felizmente, os nossos leitores estão entendendo isso. Assim, citaremos algumas correspondências enviadas e desenvolveremos um tema, para esclarecer o leitor e demonstrar a importância da integração que deve haver no pensamento de todo verdadeiro espírita…
    No dia 04/04/03, uma inteligente jornalista dirigiu-nos a seguinte carta eletrônica:
    “Dr. Iso (Jorge Teixeira), tudo bem? Depois de um bom tempo, volto a lhe pedir ajuda, esperando que tudo esteja bem com você. Minha pergunta é simples e direta: ‘o que há de tão importante na glândula pineal?’ O que há nela de esotérico, de científico e de ‘Kardec’?
    Abraços, estou com saudades de suas respostas
    ELIANA (FERRER HADDAD)
    São Paulo – SP ”
    Respondemos à nossa leitora em artigo publicado na revista UNIVERSO ESPÍRITA (Ano I, nº 2, julho / 2003, p. 20- 23) e desenvolveremos, aqui, o que dissemos lá…
    Aspectos físicos e químicos da glândula pineal
    A glândula pineal, também chamada epífise do encéfalo, era pouco conhecida em suas funções e até bem pouco tempo tem sido considerada como um órgão em involução.
    A glândula pineal está localizada abaixo de uma porção do corpo caloso, uma estrutura localizada, digamos, quase no centro do encéfalo (Fig. 1). É coberta por uma lâmina de tecido corióide do 3.º ventrículo cerebral e, em geral, está calcificada, em adultos; por isso, pode ser visualizada radiograficamente (Fig. 2).
    A glândula pineal pesa cerca de 140 a 200 mg; portanto, é uma glândula bem pequena e comumente calcificada, sugerindo ser verdadeira, em parte, a idéia de que é um órgão em involução, em extinção. Vejamos o que nos diz a respeito o célebre livro de eminentes fisiologistas:
    “(…) Sabe-se, a partir da anatomia comparada, que a glândula pineal é um remanescente vestigial do que era um terceiro olho na parte de trás da cabeça, em animais inferiores. (…)” (GUYTON & HALL. Tratado de FISIOLOGIA MÉDICA. Edit. Guanabara Koogan S.A., Rio de Janeiro, 1997, p. 922).

    Estudos recentes vêm demonstrando a “participação” da pineal no controle das atividades sexuais e de reprodução, especialmente, no que diz respeito ao aspecto dos chamados ritmos circadianos. Vejamos o texto do livro de GUYTON (op. cit., p. 922):
    “(…) Em animais inferiores que têm seus filhotes em certas estações do ano e nas quais a glândula pineal foi removida ou os circuitos nervosos da glândula pineal foram seccionados, os períodos normais de fertilidade sazonal são perdidos. Para estes animais esta fertilidade sazonal é importante porque permite o nascimento de uma prole numa época do ano em que a sobrevivência é mais provável.(…)”
    E os importantes fisiologistas ensinam-nos:
    “O mecanismo deste efeito não está inteiramente esclarecido, mas parece ser o seguinte: Primeiro, a glândula pineal é controlada pela quantidade de luz ou pelo ‘padrão temporal’ da luz vista pelos olhos a cada dia. Por exemplo, no hamster, escuridão maior que de 13 h de duração, a cada dia, ativa a glândula pineal, enquanto uma quantidade menor que esta escuridão deixa de ativá-la. (…). Segundo, a glândula pineal secreta melatonina e várias outras substâncias semelhantes. Acredita-se, então, que a melatonina ou uma das outras substâncias vai, por meio do sangue ou do líquido do 3.º ventrículo,vai para a glândula hipófise anterior, para diminuir a secreção do hormônio gonadotrófico.
    E concluem, então, o esclarecimento de mecanismo tão complexo:
    Assim, na presença de secreção da glândula pineal, a secreção do hormônio gonadotrófico é suprimida em algumas espécies de animais, sendo as gônadas inibidas e, mesmo, parcialmente involuídas. Isto é, presumivelmente, o que ocorre nos primeiros meses do inverno, quando a escuridão é crescente. Mas, depois de quatro meses de disfunção, a secreção do hormônio gonadotrófico supera o efeito inibitório da glândula pineal e as gônadas tornam-se novamente funcionais, pronta para uma primavera de plena atividade”.
    Enfim, estudos mais recentes demonstram que a pineal estaria ligada aos ritmos circadianos, isto é, aos ritmos vitais, que se repetem quase matematicamente: sono/vigília; períodos de cio e de reprodução, como vimos, etc. Mas, ainda estamos longe de transportar esses achados científicos nos animais inferiores para o ser humano…
    A pineal e o esoterismo
    Do ponto de vista esotérico, a glândula pineal funcionaria como um “terceiro olho”, isto é, como uma zona – um chacra – localizada acima e entre os olhos, zona esta que seria responsável pelas nossas intuições transcendentes, pela nossa expansão de consciência.

    O “terceiro olho” nos animais inferiores era uma realidade e tinha um a razão de ser, mas no Homem é uma concepção mística, esotérica, nada tem de científica
    Imagem extraída de José Antonío García Segovíano y Rafael Campos Rodríguez Internet.
    Interessante notar que, desde milhares de anos, a pineal está presente na escala dos vertebrados, dizem alguns estudiosos. Sobre ela foi dito: “(…) No limite da ciência moderna é considerada fotossensitiva, paralelamente é psicosensível, pois a meditação transcendental realça suas funções. Só uma coincidência? Talvez, porém, assombrosa.” (Jose Antonío García Segovíano y Rafael Campos Rodríguez . La Glándula Pineal y sus Efectos en el Sistema inmunológico. Maio/Junho-1997-Internet).
    Certamente, há uma assombrosa coincidência ante a admissão, pela remota Antigüidade, da função da pineal como terceiro olho, misticamente concebida pelos esotéricos e a existência, real, de um 3.º olho remanescente, fotossensível, nos animais inferiores; entretanto, a nossa discordância na concepção esotérica é o fato de querer-se materializar um aspecto do Homem que é eminentemente espiritual e, em pleno século XXI, atribuir-se funções espirituais, misticamente, a uma glândula com funções ainda obscuras, mas, certamente, com caráter físico e químico indubitáveis, isto é, nada espirituais…
    A pineal e os filósofos
    Acreditamos em que a glândula pineal não é a “sede da alma”, como muitos confrades advogam, baseando-se em leitura ligeira de PLATÃO; porque, a concepção platônica de imortalidade da alma não tem nenhuma relação com aspectos materiais, ela é eminentemente metafísica, basta que se estude a Doutrinas das Idéias do filósofo grego…
    O filósofo RENÉ DESCARTES, este sim, defendeu a tese de que na pineal estaria a sede da alma… Nos últimos dos seus trabalhos publicados durante sua vida, saiu a lume, em novembro de 1649, poucos meses antes de sua morte (cf. IVAN LINS. DESCARTES – Época, vida e Obra. Liv. São José Edit., 2 ed., Rio de Janeiro – GB, 1964, p. 340). Esta última obra foi intitulada Tratado das Paixões da Alma. Aqui e numa carta a MEYSSONIER, médico de Lyon, disse DESCARTES sobre a pineal:
    “A razão que me leva a crer seja essa glândula a sede da alma é não encontrar, em todo o cérebro, nenhuma outra parte que não seja dupla [grifos nossos]. Ora, não vendo senão uma única cousa com os dois olhos, não ouvindo senão um mesmo som com os dois ouvidos, e, enfim, não tendo nunca senão um pensamento ao mesmo tempo, é absolutamente necessário que as impressões, que nos chegam através dos olhos, dos ouvidos, etc., se unam em alguma parte do corpo para serem aí consideradas pela alma.”
    E o grande filósofo conclui a sua argumentação:
    “Ora, não podemos encontrar nenhuma outra nestas condições, em toda a cabeça, senão a glândula pineal, que se acha, além do mais na situação mais adequada para esse fim, isto é, no meio, entre todas as concavidades, sustentada e cercada por pequenas ramificações das carótidas, que trazem os espíritos (a) ao cérebro”.
    (a)- Os espíritos, na concepção de DESCARTES, eram as partes mais sutis e voláteis do sangue (cf. op. cit., p. 341).
    Enfim, as idéias de RENÉ DESCARTES, apesar de arrojadas para o seu tempo, baseadas anatomicamente, demonstram que o grande sábio errou redondamente, pois sabemos hoje que a glândula pineal não é a única que não é dupla, pois também a HIPÓFISE também é ímpar,única, no centro do cérebro… A propósito, disse JULES SOURY sobre DESCARTES neste particular:
    “Tal sábio pode ter errado, tanto quanto Aristóteles, no atinente à sede da alma. Fez, contudo mais, a propósito da teoria das sensações, das paixões e da inteligência, do que os mais exatos anatomistas e os fisiologistas de qualquer tempo.” (cf. op. cit., p. 340).
    Portanto, prezados confrades, a tese dos filósofos citados quanto à localização da sede da alma não têm nenhuma sustentação na realidade anatômica nem fisiológica, erraram os filósofos neste particular…
    A pineal e a concepção espírita
    A alma – Espírito encarnado – não tem localização precisa em nenhum órgão de nosso corpo [a propósito, sugerimos que se leia, com atenção, as respostas das questões 140 e 141 de O Livro dos Espíritos (OLE)] e, especificamente, a questão 146 de OLE é bem esclarecedora, na qual KARDEC pergunta:
    A alma tem, no corpo, uma sede determinada e circunscrita ?
    E a resposta da Espiritualidade Superior não nos deixa dúvidas:
    — Não. Mas ela se situa mais particularmente na cabeça, entre os grandes gênios e todos aqueles que usam bastante o pensamento e no coração dos que sentem bastante, dedicando todas as suas ações à Humanidade.”(grifos nossos).
    Conclui-se, doutrinariamente, que a alma não deve ser localizada, anatomicamente, pois neste particular não há nenhuma relação entre cabeça e coração. Além disso, não devemos confundir fluidos vitais (matéria quintessenciada) com Espírito (cf. resp. à questão 146-A de OLE).
    Outros confrades querem atribuir à pineal a função de “centro da mediunidade”, baseados em informes mediúnicos, não-controlados pelo criterium da concordância universal dos ensinos dos Espíritos. Também esta é uma teoria que, a nosso ver, não tem nenhuma sustentação científica e filosófica… Se a mediunidade baseia-se nos “fluidos” perispirituais, e na sua combinação, por que localizá-la? E, numa glândula?! Materialmente!!
    O padre QUEVEDO afirmava haver um local de captação hiperestésica de sons, estímulos visuais, etc. – que independeria de distância; tal local seria o epigástrio, ou seja, aquela região conhecida popularmente como boca do estômago. Dizia o “parapsicólogo”, inconseqüentemente:
    “(…) A importância do epigástrio deve ser destacada em Parapsicologia. A hiperestesia é especialmente freqüente nesta região do corpo.” (QUEVEDO, OSCAR GONZÁLEZ. A Face Oculta da Mente. Ed. Loyola, 6 ed., São Paulo, 1965, p. 59).
    A tese do padre QUEVEDO é literalmente indigesta e a dos confrades, relacionando mediunidade com glândula pineal, acima referida, muito se assemelha à do padre, difere somente na localização… Em nosso modo de entender, ambas são errôneas e sem nenhuma constatação científica…
    As teses do Dr. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA, de São Paulo, por exemplo, não resistem a uma análise com o mínimo de rigor científico… Muito citado no movimento espírita como “cientista” e “pesquisador da pineal”, suas afirmações, as mais banais, são CONTRADITÓRIAS e, por vezes, PSEUDOCIENTÍFICAS… Assim, ora ele diz que a pineal “não se calcifica” (cf. resposta numa entrevista a PAULA CALLONI DE SOUZA , do IPPB (Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas), na Internet, quando perguntado: “É verdade que a pineal se calcifica com a meia-idade? E essa calcificação prejudica a mediunidade?”
    ”Não, a pineal não se calcifica – afirmou o Dr. SÉRGIO FELIPE -; ela forma cristais de apatita, e isso independe da idade. Estes cristais têm a ver com o perfil da função da glândula. Uma criança pode ter estes cristais na pineal em grande quantidade enquanto um adulto pode não ter nada. Percebemos, pelas pesquisas, que quando um adulto tem muito destes cristais na pineal, ele tem mais facilidade de seqüestrar o campo eletromagnético.(…)”. E ora o Dr. SÉGIO FELIPE afirma o contrário, isto é, que a pineal “se calcifica”, como aconteceu em sua entrevista na Cidade do Porto, Portugal, publicada no JORNAL DE ESPIRITISMO (órgão da Associação de Divulgadores de Espiritismo de Portugal – ADEP, ano I , n º 2, Janeiro / Fevereiro de 2004, pág. 11, quando perguntado se “A glândula pineal altera-se com a idade”? Eis a resposta do contraditório pesquisador:
    “De facto, ocorre a biomineralização da glândula pineal, ela calcifica-se. (…)”.
    Tal contradição é inconcebível num homem que se diz “pesquisador”!! Mas, não é só isso, seus argumentos são pseudocientíficos; por exemplo: ele afirma que teria encontrado “cristais de apatita” na pineal em suas “pesquisas científicas”, como se tivesse descoberto a pólvora!… Ora, a APATITA é, por definição, “fosfato de CÁLCIO NATURAL, hexagonal, contendo flúor e cloro, que se encontra nas rochas eruptivas ou metamórficas e no TECIDO ÓSSEO”, basta que se consulte um bom dicionário ou uma boa Enciclopédia… Ou seja, a APATITA é componente NATURAL de QUALQUER tecido ÓSSEO, ou seja, é um sinal de CALCIFICAÇÃO. Portanto, a PINEAL CALCIFICA-SE, SIM, e isto é um indício relevante de que a glândula está em INVOLUÇÃO… Basta que se radiografe o crânio de uma pessoa para que lá encontremos a PINEAL, calcificada; ou seja, a componente APATITA na pineal é conhecida há muitos anos, não é resultado de pesquisa recente e muito menos do pesquisador Dr. SÉRGIO FELIPE DE OLIVEIRA… Não há nada de místico nos cristais de apatita, como as elucubrações contraditórias e pseudocientíficas do Dr. SÉERGIO FELIPE faz pressupor aos desavisados…
    Concluindo, é nossa opinião, a glândula pineal é um órgão em involução, em extinção no Homem; pois na evolução física deste, ela vem perdendo, progressivamente, as funções que exerciam e exercem nos animais inferiores. É um órgão de pouco peso no Homem, tanto anatômica quanto fisiologicamente e isso nos parece mais ou menos claro, pois a sexualidade e reprodução do Homem atual não precisam ser controladas por um órgão; o Homem possuindo o livre-arbítrio, não necessita de cio e pode, perfeitamente, controlar a reprodução.
    A Providência Divina é sábia e um órgão em extinção em vez de, aparentemente, contrariar a perfeição divina, vem confirmar que tudo se liga e se encadeia, harmoniosamente, na Natureza…
    As indagações da Sra. ELIANA FERRER foram sucintas e simples, mas a nossa resposta tinha de envolver aspectos científicos complexos, numa visão pluridimensional do Homem; parece-nos que deveríamos sempre avaliar os fenômenos humanos, sob esta visão do todo.
    A importância da base filosófica em nossas vidas
    No dia 13/03/03 recebemos o seguinte mail: “Sr. Iso, li seu artigo “O deslumbramento das flores e a fragilidade dos homens” e fiquei verdadeiramente emocionada. Procuro estudar a doutrina e vou sempre a um Centro Espírita perto de minha casa. E quanto mais estudo mais percebo o quanto há para aprender e peço a Deus que me auxilie para que o meu aprendizado seja de alguma valia. Pretendo estudar, como o senhor, Psicologia e quem sabe possa trabalhar melhor quando entender, ainda que um pouco, tudo o que a doutrina oferece. Agradeço sua contribuição.
    Viviane
    O artigo a que a leitora se refere foi título de capa de O SEMEADOR (jornal da FEESP) de março/2003, publicado nas págs. 8 e 9. Em nossa resposta preliminar, dissemos: “Nós, sim, ficamos verdadeiramente emocionados com sua mensagem. A sua atitude filosófica é, também, semelhante à de SÓCRATES, que dizia, com outras palavras, que a verdadeira SABEDORIA é saber que não se sabe algumas coisas, daí a importância do ESTUDO constante e isso tentamos transmitir ao leitor e a Sra. entrou em sintonia com nosso pensamento… Mensagens como a sua são muito gratificantes e são indícios de que estamos no caminho certo”. A seguir solicitamos a Cidade e Estado da leitora.
    Em resposta de 16/04/03, dentre outras coisas, ela acrescentou: (…) Estou lendo um livro que se chama “Fédon – diálogo sobre a alma e morte de Sócrates” e acho muito interessante que mesmo tanto tempo antes da vinda de Cristo, Sócrates já tivesse uma idéia tão ampla sobre a imortalidade da alma e como ele passava isso aos seus discípulos. (…) gostaria de dividir essa alegria. A alegria da descoberta, do conhecimento e como sou apaixonada por leitura, gosto de dividir o que encontro por aí. A propósito, se souber de um bom livro, por favor, indique-me. Tenha um bom feriado de Páscoa. Um abraço
    VIVIANE SOUZA
    Cotia – SP
    Dissemos à estudiosa leitora que continuasse a ler SÓCRATES e PLATÃO, pois está bem acompanhada e que a sua alegria do conhecimento sempre existe naquelas pessoas que buscam o crescimento espiritual e a Filosofia é a base de todo conhecimento verdadeiro e, em SÓCRATES, ressalta-se a necessidade do cumprimento do oráculo: “conhece-te a ti mesmo”.
    Depois de ler PLATÃO, ou paralelamente, seria interessante ler os 12 (doze) volumes da Revista Espírita, Jornal de estudos psicológicos, de ALLAN KARDEC (existe uma tradução da EDICEL), que é um estudo suave e variado do “laboratório” de KARDEC e da visão do Espiritismo em seu tríplice aspecto. É uma leitura simultaneamente amena e informativa e de importância fundamental para o verdadeiro espírita.
    A carinhosa manifestação da leitora parece-nos demonstrar que a Ciência Espírita não pode abdicar dos princípios filosóficos verdadeiros, eternos, de ontem e de hoje e os aspectos filosóficos do Espiritismo sempre estiveram e estarão presentes em nossos artigos, daí, talvez, a sintonia da leitora…
    Manter o quotidiano em perspectiva espiritual
    No dia 03/04/03 recebemos uma tocante mensagem em E-mail:
    Caro Iso, parabéns pelo texto escrito para O SEMEADOR .
    Obrigado pela linda leitura dos ensinamentos de Jesus. São textos como estes que nos ajudam a manter nosso cotidiano em perspectiva (espiritual) não deixando que esqueçamos do que realmente somos.
    Abraços,
    FERNANDO SPALDING
    São Paulo – SP

    O texto a que se refere o leitor é o mesmo referido pela leitora VIVIANE.
    São mensagens com a delicadeza como a desses leitores, que nos deixa verdadeiramente sensibilizados, pois elas nos dão a certeza de que a visão espírita de um homem-de-Ciência, como nós, deve atingir o seu aspecto tríplice e parece-nos que estamos atingindo os nossos objetivos, que são o de esclarecer e consolar sempre que possível e, usando as palavras do confrade FERNANDO, manter o quotidiano do leitor em perspectiva espiritual, independentemente de classe social.
    Certamente, não foi a glândula pineal do Sr. FERNANDO SPALDING nem das Sras. VIVIANE e ELIANA que os inspiraram a nos escrever, nem foi a nossa que viu na mensagem de ambos um aspecto transcendente. Obrigado aos três pela oportunidade que nos proporcionaram para esclarecer o leitor e tentar mantê-lo em perspectiva espiritual quotidiana à luz da Ciência Espírita, sustentada por tão grandiosa Filosofia. Como disse o Espírito VERDADE no cap. VI, item 5 “in fine”, de O Evangelho segundo o Espiritismo:
    “Espíritas: amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo”.
    O Espiritismo rasga o véu da ignorância e consola o coração dos homens.
    OS COMEDORES DE BATATAS. VINCENT VAN GOGH. 1885

    Um grupo de pessoas simples em torno da mesa onde fumega um único prato de batatas; os rostos e as mãos marcados pelo trabalho e cansaço.
    QUALQUER QUE SEJA A NOSSA
    CLASSE SOCIAL
    DEVEMOS MANTER O NOSSO QUOTIDIANO EM PERSPECTIVA ESPIRITUAL

    * Dr. Iso Jorge Teixeira
    Livre – Docente de Psicopatologia e Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da
    Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
    E-mail: isojorge@bighost.com.br

    Página principal | Mapa do Site | Pesquisa no Site

  37. eu gostaria de obter noticias de: OSVALDO ANTUNES DE ASSIS desencarnado em(23/11/1989) E ADELMO BENTO DE ASSIS( JUNHO 2011)…É MUITO EMPORTANTE PRA MIM!!!SE ASSIM deus permitir! meu imail ramanideh@hotmail.com

  38. Acredito que, com um pouco mais de estudo, o Dr. Sérgio conseguirá comprovar, cientificamente, os males causados ao indivíduo pela incorporação! E, mais um pouco, demonstrar os males decorrentes do mito de “desenvolver a mediunidade”.

  39. Desejo – profundamente – que o trabalho de pesquisa do Dr. Sérgio o encaminhe a desvendar o que está por trás da balela da “MORTE CEREBRAL”, e dos males causados ao espírito pela remoção de partes de seu corpo físico.

  40. Site:www.universoemdesencanto.com.br

  41. Alguém tem que ser louco, inovador, insano, cruel, cientista, pesquisador e corajoso senão o mundo não sai do lugar.
    Para quem sofre com enxaquecas alucinantes, como eu, e não obtem nenhuma resposta científica de nenhum lugar, acho maravilhoso que alguém esteja estudando alternativas, para a mente e a espiritualidade.
    Religião cria preconceito, afasta as pessoas e as mata com muitas guerras em nome de Deus. Quem julga é o ser humano, tenho certeza que Deus não se importa com nossa religião e sim com nossa felicidade e evolução.
    O mundo é muito grande e maravilhoso e como eu já li nestes comentarios acima a Bíblia é o mais conhecido texto sagrado mais não é o único.
    Deus é muito maior que isso!
    Parabens por desafiar a ciência e a religião, duas áreas em que as pessoas acham donos da verdade, deve ser ridicularizado e muito criticado. Grande coragem a sua, ligue-se a pessoas de mente aberta como voce Dr. Sergio. Obrigada por essa evolução ao nosso planeta.

    “Alguém precisa fazer algo, falar e assistir não muda nada”
    Parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 407 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: